Não usar “roupa de baixo” no ciclismo? EXATO!

A pergunta com 1 milhão de imaginações: “Qual tipo de roupa intima devo usar sob o shorts de ciclismo ou macaquinho de triathlon?” A resposta: NENHUMA!

LEIA MAIS
Trem cruza caminho de ciclistas e interrompe prova em Paris; Assista

Muitos aspirantes a ciclistas e triatletas, com certeza já se perguntaram: “O que devo usar como roupa intima sob o shorts de ciclismo ou macaquinho de triathlon?”

A resposta dada pela maioria dos atletas profissionais?  “NADA!  Além do Chamois ,NADA!”

Pronto, comecem a rir de vergonha … ou falta dela!

É isto mesmo, sem roupa de baixo, sem calcinha, cueca ou qualquer coisa que você utilize no dia a dia. No começo a ideia pode até parecer sem nexo (e porque não dizer sem vergonha), logo que os uniformes de ciclismo e triathlon são confeccionados com lycra e feitos pra se ajustar certinho a silhueta, mas o fato é que as roupas intimas não são feitas com tecido especifico para o ciclismo, além do mais possuem costura, que com o atrito da pedalada faz o desconforto ser inevitável.

No começo por vergonha ou falta de experiência, a maioria dos ciclistas e triatletas pedala utilizando roupa intima, e depois de sofrer um pouco, acabam optando por fazer a experiência do “usar nada por baixo do shorts”.

“Lycra, é “A” roupa do ciclista e do triatleta”.

Para tentar ajudar quebrar este paradigma, foram coletadas algumas dicas para tornar a sua iniciação nesta “liberdade”, um pouco mais confortável:

  • Um BOM shorts de ciclismo (não queira pagar muito barato, porque o barato sairá caro) com certeza protegerá suas áreas intimas …. (sua virilha), logo que eles servem como um amortecedor entre as “áreas privadas e o selim.
  • Procure por bermudas com forro (chamois) de até 60 milímetros, e espessuras modulares, ou seja, uma espessura para frente, outra para o meio e outra para a parte de trás. O chamois protege sua pele do atrito e da costuras do shorts. Vestir roupas íntimas seria mais desconfortável e poderia causar alguns problemas.
  • Se você é um triatleta a “espuma ou gel amortecedor” deverá ser mais fino, logo que possivelmente você usará o mesmo shorts ou macaquinho na natação e corrida.
  •  Não existe desconforto zero, sempre haverá um pouco de desconforto quando você permanece sentado em um selim, por horas a fio.
  • Os shorts do ciclismo devem ser lavado sempre que usá-los, não importa por quanto tempo. Por que?  Porque temos bactérias no corpo e estas passam para  o  shorts …  vamos lá galera, o mínimo de higiene pessoal né.
  • Para todo esporte existe vestuário especializado, e os shorts de ciclismo são especializados para ciclismo (voilà) … logo, não importa a sua forma física, se você tem barriga de chopp ou se você é um chassis de grilo, existe sim um short de ciclismo que serve perfeitamente em você.
  • Saiba quando jogar seus shorts fora!!!! Assim como a maioria das roupas, eles não são feitos para durar eternamente e quando a Lycra começa a ficar fina e desgastada, e você não está usando roupa intima, “as coisas ficam bem interessantes” oO, então, sempre verifique se você consegue enxergar através da lycra antes de vesti-la!
  • Obvio que nas primeiras tentativas você provavelmente usará camisetas enormes e largas para tentar cobrir o shorts de lycra, mas quanto mais kms de pedal você acumular, mais você entenderá que a melhor opção é ser adepto ao “no underwear” e “lycra fit” (uniformes colados ao corpo).

Por ultimo …. RELAXE …. Após algumas semanas, ao se olhar no espelho vestindo lycra, você se sentirá um Profissional do Tour de France, e nem lembrará que está quase pelado.

Treine, divirta-se e nunca esqueça os itens de segurança para o Pedal!

Hasta!

Foto: Getty Images



Estudante de Jornalismo, praticante de triathlon e corridas de rua. Apaixonada e vivendo dentro do automobilismo.