Surto não é a primeira polêmica de Fabrício no Inter; relembre casos

Fabricio

Ao ser expulso após fazer gestos obscenos para a própria torcida, Fabrício demonstrou um descontrole que não é novidade para os torcedores do Internacional.

LEIA TAMBÉM
Depois de surto, Fabrício será suspenso pelo Inter, de acordo com presidente do clube

O episódio de surto da última quarta-feira, na vitória diante do Ypiranga, pelo Campeonato Gaúcho, não foi a primeira polêmica do lateral com a camisa do colorado. Relembre casos em que Fabrício foi protagonista de confusões no clube:

São Paulo x Internacional: Expulsão e juiz ‘filho da p…, ladrão, safado’
No empate por 1 a 1 diante do São Paulo, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro, Fabrício recebeu cartão amarelo por uma falta no atacante Osvaldo e, na sequência, foi expulso por ofensas ao árbitro Héber Roberto Lopes. Revoltado, o lateral chutou a bola para cima, deu um tapa no adversário e, “escoltado” por Abel Braga ainda chutou o microfone da TV na saída do campo.

Na súmula, o juiz relatou as ofensas por parte de Fabrício: “Expulso em decorrência do segundo cartão amarelo, por reclamar fazendo gestos em protesto contra marcação de uma falta para o adversário. Após a amostragem do cartão vermelho, o referido atleta chutou a bola para cima em direção da torcida e proferiu-me as seguintes palavras: ‘seu filho de uma p…, ladrão, ladrão, ladrão, safado [SIC]'”, escreveu no documento.

Internacional x Palmeiras: Confusão em campo e tentativa de invasão ao vestiário
Também pelo Campeonato Brasileiro de 2014, o clima foi tenso quando o Inter recebeu o Palmeiras no Beira-Rio. Após confusão com Bruno César, Fabrício precisou ser contido por companheiros de clube para que não houvesse agressão física.

Na saída de campo, o lateral ainda tentou dar continuidade ao imbróglio já no vestiário. Na súmula, o árbitro Ricardo Marques relatou a cena: “Informo que o atleta expulso, após deixar o campo de jogo, com a partida encerrada, já na zona mista, tentou invadir o vestiário da equipe da S.E. Palmeiras, sendo contido, com extrema dificuldade, por seguranças de ambas agremiações e também pelo árbitro assistente n° 1, Sr. Marcio Eustáquio Santiago e pelo árbitro assistente adicional n° 1, Sr. Igor Junio Benevenuto, os quais presenciaram o fato descrito, reportando ao árbitro da partida”.

Internacional x Santos: Expulsão e ofensa também relatada por árbitro 
Em partida do Campeonato Brasileiro de 2013, diante do Santos, Fabrício cometeu uma falta em Cícero e, já descontrolado, tentou tomar satisfações com o adversário caído. Após receber cartão amarelo pela entrada dura, o lateral foi expulso por ofensas ao árbitro Marcelo de Lima Henrique.

“Aos 42 minutos do 2° tempo, expulsei do campo de jogo com cartão vermelho direto o sr. Fabricio dos Santos Silva, nº 14 da equipe do S.C. Internacional por proferir as seguintes palavras após cometer uma infração e ser advertido com cartão amarelo: ‘vai se f…’ . Após receber o cartão vermelho, proferiu as seguintes palavras: ‘vai tomar no c… ‘”, relatou.

Confusão em treino do Internacional: Briga com companheiro de time
Nas vésperas da decisão do Campeonato Gaúcho de 2014, Fabício se desentendeu com  Willians. Jogando pelo mesmo time no coletivo, o volante reclamou de uma jogada do lateral, que não gostou nada da crítica e precisou ser contido por colegas para evitarem a briga.

Foto: Getty Images



Flávio Moreira é jornalista especializado em mídias sociais. Com passagens por UOL e Electronic Arts, é apaixonado por esporte e acredita na produção de conteúdo feito de torcedor para torcedor.