Veja como os rivais do Brasil na Copa América se saíram nos amistosos

Sampaoli
Getty Images

Na primeira data Fifa do ano, nós do Torcedores.com analisamos o desempenho das principais seleções sul-americanas que são, ou podem se tornar adversárias da seleção brasileira na Copa América.

LEIA MAIS:
Quem sai em alta ou em baixa após os amistosos da seleção brasileira? Avalie!

CHILE
Começando pela seleção anfitriã da Copa América, a semana de amistosos do Chile não foi das melhores. Duas derrotas, a primeira atuando com os reservas contra o Irã, revés por 2 a 0, e a segunda, desta vez com equipe completa, frente ao Brasil por 1 a 0 em Londres, com gol de Roberto Firmino.

COLÔMBIA
Adversária do Brasil no Grupo 3 da Copa América, a seleção colombiana atropelou o Bahrein fora de casa, aplicando uma goleada por 6 a 0. Falcão Garcia, em baixa no Manchester United, marcou duas vezes. Bacca, Adrián Ramos, Mojica e Renteria também deixaram seus gols. Já em novo amistoso, venceu o Kuwait por 3 a 1. Falcão marcou mais um, além Cardona e Abel Aguilar. Ponto mais que positivo para um time que não teve a presença de James Rodriguez, que se recupera de lesão no dedo do pé direito.

URUGUAI
Em amistoso único nas datas Fifa, o Uruguai, sem Luis Suárez, derrotou o Marrocos por placar mínimo, 1 a 0. Edinson Cavani, de pênalti, selou a vitória.

ARGENTINA
Sem a presença do craque Lionel Messi, fora devido a dores no pé direito, a Argentina contou com boa atuação do estreante Mancuello para vencer o amistoso contra El Salvador. O meia marcou belo gol de falta, o segundo da Argentina na vitória por 2 a 0. Banega havia feito o primeiro. No outro amistoso frente ao Equador, vitória mais complicada. Kun Agüero e Pastore decretaram o triunfo dos “hermanos” por 2 a 1.

Crédito da foto: Getty Images



Estudante de Jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi, torcedor do São Paulo, Barcelona e Borussia Dortmund, fã de futebol europeu, NBA e esportes radicais.