Após polêmica, Robinho faz novo funk e elogia rivais do Santos

Reprodução

O atacante Robinho não entrou em campo no primeiro jogo da final no último domingo, mas uma atitude do jogador causou bastante polêmica. Um vídeo do camisa 7 cantando funk no vestiário do Allianz Parque vazou e gerou revolta entre os palmeirenses.

O atacante Leandro Pereira afirmou que os santistas não poderiam chorar após o segundo jogo da final e torcedores não esconderam a revolta. Porém, Robinho e companhia só tiveram motivos para sorrirem após a conquista do Paulistão.

Em participação ao vivo na TV Bandeirantes, o jogador fez um novo funk e mandou um abraço para os rivais do clube alvinegro.

“Quando eu jogava na base, eu não tinha um vintém. Me desculpe os palmeirenses, mas não desrespeitei ninguém. Mando abraço pro são-paulino e pro corintiano, mas no Paulistão 2015 é meu Peixão que tá mandando”, improvisou.

O camisa 7 teve atuação decisiva ao dar passe para David Braz abrir o placar e participou do gol de Ricardo Oliveira na vitória por 2 a 1 no tempo real. Nos pênaltis, Robinho foi espectador e viu os companheiros conquistarem o título.

Crédito da foto: Reprodução



Editor senior do Torcedores.com, o jornalista formou-se na Universidade Metodista em 2009 e passou pelas redações do Diário do Grande ABC, Agora SP, UOL e Fox Sports, onde fez a cobertura da Copa do Mundo de 2014. Está no Torcedores desde outubro de 2014.