Argentinos dominam artilharia na Libertadores; veja quem são eles

Foto: Site oficial Racing Club

Principal vencedor da Libertadores, a Argentina tem nesta edição dois jogadores no topo da artilharia do torneio: Gustavo Bou, do Racing, e Guido Carrillo, do Estudiantes.

LEIA MAIS:
Artilheiro da Libertadores deixa Estudiantes mais perto das quartas de final
Especial: Confira a análise dos confrontos das oitavas de final da Libertadores
Rafael Sobis marca e Tigres avança na Libertadores; veja os gols

Os brasileiros que mais marcaram na atual edição da Libertadores são Elias e Paolo Guerrero, do Corinthians, com quatro gols cada.

Autor de um hat-trick na estreia do Racing na Libertadores, uma goleada sobre o Táchira por 5 a 0, Gustavo Bou manteve o bom desempenho durante a fase de grupos. Ele marcou sete vezes, mas nenhum gol foi de cabeça ou de pênalti. O atacante de 25 anos tem 36 gols em 128 jogos pelo time de Avellaneda.

Bou começou a carreira no River Plate, jogou na LDU, do Equador, e no Gimnasia, da Argentina, antes de chegar ao Racing em agosto de 2014.

Quem também chegou aos sete gols na Libertadores é Guido Carrillo, do Estudiantes. Revelado pelo clube de La Plata, o centroavante tem 23 anos. Ele poderia ser artilheiro isolado caso tivesse convertido pênalti contra o Barcelona de Guayaquil na estreia do técnico Gabriel Milito no time branco e vermelho.

A altura é um dos pontos fortes de Carrillo, que mede 1,91m e já fez dois gols de cabeça. Ele já superou a marca de 100 jogos pelo Estudiantes e participou de um amistoso da seleção de base da Argentina.

Além de Racing e Esudiantes, seguem na disputa da Libertadores Boca Juniors e River Plate, que se enfrentam nas oitavas de final porque na fase de grupos fizeram a melhor e pior campanha, respectivamente. Sendo assim, Argentina poderá ter no máximo três representantes nas quartas e final.

Ainda há outros argentinos que são destaques em equipes brasileiras, como o camisa 10 do Internacional, D’Alessandro, o centroavante do Atlético-MG, Lucas Pratto, e o xodó da torcida do São Paulo, Ricardo Centurión, dentre outros nomes.

Os argentinos devem se enfrentar nas quartas de final, visto que o vencedor do confronto Estudiantes x Santa Fe jogará contra o classificado no duelo Internacional x Atlético-MG.