Atlético-MG decide título contra Caldense em Varginha

Foto: Bruno Cantini

Principal campeão de Minas Gerais, o Atlético-MG busca neste domingo (3), a partir das 16h (horário de Brasília), o 43º título de sua história. O adversário é a Caldense, que tem vantagem no confronto e joga em Varginha para chegar ao topo pela segunda vez.

LEIA MAIS:
Domingo terá 11 campeões estaduais pelo Brasil; confira os jogos
Mercado da bola: É pouco! Ronaldinho pede R$ 1,4 milhão para jogar no Cruzeiro

A principal novidade no time titular do Atlético-MG deve ser a presença do lateral-direito Marcos Rocha. Ele treinou entre os reservas, mas já está recuperado de lesão no tornozelo direito. Caso ele não tenha condições de jogo, Patric deve ser mantido.

O principal desfalque do time de Levir Culpi é o atacante Guilherme, lesionado. Cárdenas e Leandro Donizete disputam a vaga no meio de campo, mas a tendência é que o segundo seja escalado para dar mais liberdade ao argentino Dátolo. Sem marcar há um ano, o atacante Jô também pode começar jogando para dar mais força ofensiva ao time.

Já a Caldense também resolveu adotar um mistério. O clube blindou os jogadores e o técnico Leonardo Condé, que evitam entrevistas para manter o foco na finalíssima do torneio.

A Federação Mineira de Futebol (FMF) anunciou que o árbitro Emerson de Almeida Ferreira apita a decisão no estádio Dilzon Melo, conhecido como Melão, em Varginha.

O empate sem gols no primeiro jogo favorece a Caldense, que já neste ano surpreendeu o Galo ao passar dois jogos sem tomar gols (no primeiro turno, deu 1 a 0 para equipe do interior). Além disso, o time do interior tomou apenas quatro gols durante o torneio e a defesa está zerada há oito jogos.

Se faturar o troféu, a Caldense chegará pela segunda vez ao título mineiro. O primeiro foi em 2002, justamente quando Cruzeiro, Atlético-MG e América disputaram apenas a Copa Sul-Minas ao invés do estadual.

Já o Atlético venceu o torneio regional 42 vezes, contra 36 do Cruzeiro, 15 do América e 5 do Vila Nova. Siderúrgica (2) e Ipatinga também já levantaram a taça do Campeonato Mineiro.