Boca Juniors está eliminado da Copa Libertadores e River enfrenta o Cruzeiro

Conmebol decidiu na noite deste sábado que após o acidentes ocorrido no estádio La Bombonera, na última quinta-feira, o Boca Juniors está eliminado da Copa Libertadores. A punição acabou sendo mais branda do que se esperava em Buenos Aires, quando até a exclusão do time Xeneize e da Bombonera de outras edições da Libertadores foi especulada.

LEIA MAIS:
Mercado da bola: Zagueiro pode deixar o Santos e jogar no Avaí

Além da eliminação, o Boca terá de jogar quatro partidas com portões fechados, quatro partidas sem torcida visitante e pagar 200 mil dólares de multa. Com isso, o River Plate está classificado para às quartas de final e pegará o Cruzeiro, com a primeira partida marcada no Monumental de Nuñez, na quinta-feira, às 22h.

No intervalo do jogo desta quinta-feira, os atletas do River foram atingidos por spray de pimenta, que teria sido atirado por torcedores do Boca Juniors e foram flagrados pelas câmeras de TV. Vários jogadores foram queimados e a partida teve de ser interrompida.

Com a punição, a equipe de La Bombonera foi a melhor equipe da primeira fase da competição e deixa o torneio com apenas uma derrota, que foi sofrida no jogo de ida contra o River, por 1 a 0. A equipe que não vai disputar a Sul-Americana deste ano, pode voltar à maior competição ano que vem e só poderá atuar com estádio vazio.

Foto: Divulgação/CARP



Radialista, Jornalista com passagens como correspondente pelo site italiano CalcioNews24.com e pelo Arena Rubro-Negra. Atualmente setorista do Fluminense e Futebol Sul-Americano no Torcedores.com