Chris Paul dribla lesão e elimina Spurs com cesta a 1s do cronômetro. Veja!

Para um jovem fã ou o assíduo torcedor que acompanha basquete há mais de 50 anos, não importa. Se você perguntar para os dois o que acharam da classificação do Los Angeles Clippers para as semifinais da Conferência Oeste da NBA no último sábado, ambos não vão hesitar em resumir o sétimo jogo da série contra o San Antonio Spurs em uma palavra: heroica. Com atuação épica de Chris Paul, o time da Califórnia venceu os atuais campeões da liga norte-americana por 111 a 109, no Staples Center, onde o astro matou cesta espetacular a um segundo do estouro do cronômetro.

LEIA MAIS:
Veja quem foram os MVP das finais da NBA de 1969 até 2014

Jogando no sacrifício desde o primeiro quarto, quando sentiu a parte posterior da coxa esquerda e chegou a ir aos vestiários, Paul voltou minutos depois ao centro do ginásio para barbarizar o jogo, que teve incríveis 31 trocas de liderança. A oito segundos do fim, com a partida empatada em 109 a 109, o armador dos Clippers partiu para cima da defesa do Spurs e precisou arremessar por cima da marcação do gigante Tim Duncan, anotando a vantagem decisiva aos donos da casa e enlouquecendo o Staples Center completamente tomado.

Ao final da partida, o armador dos Clippers anotou 27 pontos, contribuiu com seis assistências, além de dois rebotes e dois roubos de bola. Quem ajudou demais Chris Paul do lado dos Clippers foi o fiel escudeiro Blake Griffin, que marcou um triplo-duplo, com 24 pontos, 13 rebotes e 10 assistências na partida.

Veja o que Chris Paul aprontou no final do jogo:

Com a vitória por 4 a 3 diante do Spurs de Tim Duncan, Manu Ginóbili e Tony Parker, os Clippers vão enfrentar o Houston Rockets nas semifinais da Conferência Oeste. A outra semifinal será disputada entre Golden State Warriors e Memphis Grizzlies. Do lado Leste, o Atlanta Hawks medirá forças com o Washington Wizards, e o Chicago Bulls enfrentará o Cleveland Cavaliers.

Curtiu essa matéria? Siga o autor no Twitter: @fontes_matheus.

Foto: Getty Images



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.