Como seria se o Flamengo disputasse o Campeonato Paulista?

O Flamengo é o maior detentor de títulos do Campeonato Carioca, tendo levantado o troféu 33 vezes, mas esse ano se viu seriamente prejudicado tanto dentro quanto fora de campo pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ), presidida por Rubens Lopes. O cúmulo da situação aconteceu após a eliminação para o Vasco da Gama, com um gol oriundo de um pênalti polêmico.

LEIA MAIS:
Flamengo procurou FPF para jogar o Paulistão em 2016, diz jornal
Jejum do Vasco de títulos não é o maior do Rio de Janeiro; Veja o ranking

Extremamente insatisfeito com os rumos que o futebol carioca está tomando, dirigentes rubro-negros cogitaram a possibilidade de se desfiliar da FERJ e aderir à Federação Paulista de Futebol (FPF), passando inclusive a disputar o campeonato do estado vizinho. A ideia, que não se concretizou, pode até não ter passado de um mero boato, mas já pensou em como seria se o Fla jogasse o Paulistão?

A competição é dividida em duas fases: a primeira de grupos, onde as equipes se enfrentam as duas de cada chave que mais pontuarem passam para um sistema mata-mata, em que, quem for derrotado, está eliminado. Pela campanha que o Flamengo fez no Cariocão deste ano, por exemplo, seria pouco provável que o time de Vanderlei Luxemburgo não avançasse de fase. A depender do grupo em que tivesse inserido, se classificaria em primeiro lugar ou em segundo.

Na primeira posição, o Mengão não encararia nenhum dos outros quatro grandes nas Quartas de Finais, mas na Semifinal não haveria jeito: Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos estariam no seu caminho e, pelo que demonstrou em campo, sobretudo nos clássicos do Rio de Janeiro, o Flamengo só seria capaz de chegar à final em um eventual confronto contra o Tricolor Paulista.

Assim, jogando o Paulistão, o Flamengo teria menos chances de ser campeão do que no Rio de Janeiro, onde já é o detentor do maior número de títulos.

Foto: Getty Images