Felipão pode deixar o Grêmio para receber R$ 1,5 milhão por mês na China

O técnico Felipão tem refletido muito sobre a oferta chinesa, que está em suas mãos e o ponto de vista financeiro pode falar mais alto o que iria garantir sua aposentadoria ainda mais tranquila. A oferta ainda não respondida pelo comandante, que ainda balança o comandante gremista.

LEIA MAIS:
Sem Fellipe Bastos e Douglas, titulares do Grêmio voltam a treinar; Felipão dá bronca em jovem
Se mantidos para 2018, goleiros de Dunga serão os mais velhos da seleção em Copas
Com mais de 119 mil sócios-torcedores, Palmeiras está próximo de ultrapassar gigante europeu

A oferta do futebol asiático para o comandante do Tricolor Gaúcho, são de três temporadas e com salário mensal em torno de R$ 1,5 milhão, fora luvas, que pretende receber caso acertar a proposta. Seu vínculo com o Grêmio vai até o final de 2016.

Mesmo com Felipão salientando que não pretende sair do clube em relação ao planejamento, que foi traçado pela diretoria. O comandante não descarta, esperar até o meio do ano para conversar novamente com o clube chinês.

Outra situação que está deixando o comandante preocupado seria a saúde de Fabio Koff, ex-mandatário do Tricolor Gaúcho. Por enquanto, os boletins médicos liberados pelo Hospital Moinhos de Ventos não indicam uma alta tão rápida.

Foto: Getty Images



Radialista, Jornalista com passagens como correspondente pelo site italiano CalcioNews24.com e pelo Arena Rubro-Negra. Atualmente setorista do Fluminense e Futebol Sul-Americano no Torcedores.com