Jadson é firme: “Não viemos para empatar por 0 a 0. Vamos agredir”

A noite desta quarta-feira (06), promete ser eletrizante. O Corinthians entra em campo hoje às 19h45 no Defensores Del Chaco em Assuncíon, contra o Guaraní (PAR), pelas oitavas de final da Copa Bridgestone Libertadores, com firmeza mas com respeito, Jadson deixou bem claro que o pensamento da equipe alvinegra é de atacar mesmo jogando fora de casa.

Segundo o camisa 10, autor de dois gols na Copa Bridgestone Libertadores 2015, é necessário respeitar o adversário, já que nenhum time chega à fase mata-mata por acaso, mas o Timão não pode se retrair. “Todas as equipes que passaram da fase eliminatória não passaram à toa. O Guaraní teve méritos. Teremos de entrar firme e respeitar. Será um jogo duro, vão buscar a vitória, mas vamos para cima também, não viemos aqui empatar por 0 a 0. Vamos agredir”, avisou.

Fazendo as vez de porta-voz, Jadson ainda colocou firmeza na importância de Luciano no jogo, demonstrando confiança no companheiro e também falou a volta do mito: “Desde o ano passado, quando entrou, ajudou. Fez gols. Com certeza, ele e o Guerrero vão nos ajudar novamente”, afirmou.

Ele ainda disse que nesse tempo que o Corinthians passou sem jogar eles tiveram tempo para acertar os erros e afinar a tática.

Imagem: Daniel Jr. / Agência Corinthians

 



Formada em jornalismo pelo Mackenzie, demorei anos para perceber que dá, sim, para ir atrás dos sonhos e trabalhar com o que se gosta: o esporte. Hoje me divido entre o esporte e a política. Nunca vou me conformar com os que dizem: "É só futebol.."