Joinville e Figueirense empatam e título do Catarinense não é homologado

O resultado mais polêmico que poder acontecer foi confirmado, após o empate sem gols no primeiro jogo, Figueirense e Joinville voltaram a empatar em 0 a 0, na tarde deste domingo, na Arena, em Joinville. Como tinha, na teoria, a vantagem de atuar por dois resultados iguais, o coelho celebrou a taça de campeão Catarinense e o título, não foi homologado.

LEIA MAIS: 
Figueirense e Joinville preparados para a decisão do Campeonato Catarinense

Como prometido pela Federação Catarinense de Futebol, que entregou o troféu ao Joinville, mas o título não foi oficializado por terminação do TJD-SC, que vai julgar na próxima terça-feira o clube tricolor por utilização irregular do lateral-direito André Krobel, no duelo contra o Metropolitano. O JEC pode perder até quatro pontos e terminar o hexagonal, na segunda colocação, o que poderia inverter o mando de campo e a vantagem final.

O técnico Argel Fucks, do Figueirense, surpreendeu na escalação e pela primeira vez no estadual escalou uma equipe com três volantes e três atacantes e sem a presença de um meia de ofício, com a entrada de Dener no lugar de Ricardinho. Além disso, Marquinhos Pedroso e Dudu ganharam as vagas de Roberto Cereceda e Mazola.

Já o técnico do Joinville, Hemerson Maria, veio para a partida sem surpresas, com o lateral Wellington Saci no banco de reserva. Além, de vir com a mesma equipe na primeira partida.

FICHA TÉCNICA: 
Joinville 0x0 Figueirense

Local: Arena Joinville (Joinville/ SC)
Data/Hora: 3 de maio, às 16 horas.

Gols: não houve
Cartões amarelos:
Dener (F);Suéliton (J); Kempes (J); Marquinhos (F); Yago (F);
Cartões vermelhos:

Arbitragem: Sandro Meira Ricci (Fifa)
Assistentes: Nadine Schramm Câmara Bastos (Fifa) e Elton Nunes (CBF)

Joinville: Oliveira; Suéliton, Bruno Aguiar, Guti e Rogério; Naldo, Augusto César (Willian Pop) e Marcelo Costa; Welinton Júnior, Tiago Luis (Ancelmo) e Kempes (Jael). Técnico: Hemerson Maria.

Figueirense:Alex; Fabinho, Thiago Heleno, Marquinhos e Marquinhos Pedroso; Paulo Roberto, França e Dener (Yago); Dudu (Mazola), Clayton e Marcão. Técnico: Argel Fucks.

Foto: Divulgação/JEC



Radialista, Jornalista com passagens como correspondente pelo site italiano CalcioNews24.com e pelo Arena Rubro-Negra. Atualmente setorista do Fluminense e Futebol Sul-Americano no Torcedores.com