Kleber Gladiador consegue liberação do Grêmio na Justiça e pode defender outro clube

Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

O atacante Kleber Gladiador conseguiu a liberação na Justiça nesta quarta-feira e teve o contrato rescindido com o Grêmio. Assim, ele está livre para negociar com qualquer clube. O Tricolor ainda não foi notificado. A decisão ocorreu em caráter liminar. O departamento jurídico gremista deve recorrer.

LEIA MAIS:
Árbitro relata cadeiras arremessadas no Gre-Nal, e Grêmio vai ser denunciado pelo TJD

O jogador de 31 anos, era dono de um dos salários mais altos do elenco (cerca de R$ 600 mil mensais), tinha vínculo com o Tricolor até o final de dezembro de 2016. No final de fevereiro deste ano chegou a ser cogitado que pela quebra contratual, ele receberia R$ 15 milhões parcelados em 60 vezes. No entanto, não houve acordo entre as partes envolvidas e o staff de Gladiador buscou a solução via Justiça.

A primeira audiência do caso está marcada para o próximo dia 1o de junho. O jogador ainda reclama de vencimentos e direitos de imagem atrasados.

Kléber iniciou a sua passagem pelo time gaúcho em janeiro de 2013. No início do ano seguinte perdeu espaço. Sofreu com lesões e foi emprestado ao Vasco da Gama para a disputa da série B do Campeonato Brasileiro até o final da temporada. Retornou ao Grêmio em janeiro deste ano, mas nunca fez parte dos planos de Luiz Felipe Scolari, com quem teve atritos durante a passagem pelo Palmeiras.

O Figueirense e o Fort Lauderdale Strikers-EUA são um dos possíveis destinos do Gladiador.

Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)