Kléber Leite discute com dirigente do Flamengo pela internet; Veja

Arquivo/Torcedores.com

Que o Flamengo se encontra em um dilema entre o respeito ao ser orçamento e a necessidade de contratar isso todo mundo sabe, agora que é tal tema vem sendo motivo de discussão entre os agentes políticos do clube é novidade. Recentemente, o vice-presidente do Flamengo Rafael Strauch respondeu aos contantes pedidos de reforços de Kléber Leite, ex-mandatário do Fla entre 1995 a 1998.

LEIA MAIS:
Em evento realizado no Maracanã, Flamengo assina contrato de patrocínio com a Jeep

“Triste é você! Se não podemos fazer mais contratações é muito pelo seu legado, que ao invés de títulos deixou dívidas!”, escreveu Strauch em seu twitter, fazendo questão de marcar também a rede social de Kléber Leite. Como resposta, os ex-presidente do rubro-negro escreveu um longo post em seu blog pessoal.

strauch_twit

Confira:

“Em função do que escrevi recentemente, após a derrota do Flamengo para o São Paulo, quando em síntese, entendi que as pessoas que dirigem o futebol do Flamengo não estão pensando como requer a grandiosidade do clube, recebi todo tipo de mensagem, inclusive algumas ofensivas, orquestradas por um esquema já conhecido de bombardear quem quer que seja que faça qualquer tipo de crítica à atual diretoria. Até aí, tudo bem, até porque faz parte do script, ou da cartilha de quem desenvolve a comunicação dos “azuis”. Claro que a grande maioria entendeu a minha mensagem e, como eu, gostaria de estar vendo um time mais forte, até sem a obrigação de ganhar, mas que ao menos desse para a gente torcer. O que mais me espantou foi a reação de um vice-presidente do clube, que postou a seguinte pérola:

Bem, para começar Rafael, muito prazer! Primeiro, vamos corrigir o que não corresponde à realidade. Como dirigente do Flamengo, participei das seguintes conquistas: 4 campeonatos estaduais, 4 Taças Guanabara, Copa dos Campões Mundiais, Copa de Ouro da Confederação Sul-Americana, 1 Copa do Brasil, 1 Campeonato Brasileiro. Não tão importante quanto as conquistas, o fato do Flamengo ter existido nestes períodos, pois chegamos ainda às finais de um Campeonato Carioca, uma Copa do Brasil, uma Copa Mercosul, semifinalistas em outra Copa do Brasil, e fomos até as oitavas de final em duas Libertadores. Deve haver mais, porém vamos ficar por aqui. Tão importante quanto as conquistas acima mencionadas, foi a reconquista de credibilidade, quando o Flamengo voltou a honrar os seus compromissos. Aliás, pergunte aos funcionários do clube como foi a vida deles no período em que aí estivemos. A outra conquista, foi o aumento da nossa torcida, alavancada pela contratação de Romário. Correção feita, vamos ao meu espanto. Incrível o modo como as pessoas recebem uma crítica que, construtiva é. Releia, por favor, os posts anteriores. Primeiro, você ficará sabendo que, ao contrário do que você afirma, não contribuí para o aumento da dívida. Muito pelo contrário… Depois, talvez para seu espanto, você verificará a enorme quantidade de elogios à todas as pessoas que compõem o Conselho Diretor do Clube, tendo chegado a afirmar que, como rubro-negro, tenho orgulho em ver pessoas tão íntegras e bem-intencionadas no comando do clube. Entenda que, quando alguém que quer o nosso bem, faz algum tipo de observação, passa a ser uma questão de inteligência ao menos avaliar a mensagem. Agora começo a entender o motivo de algumas pessoas comentarem que humildade não é o forte de alguns componentes desta diretoria.

Para encerrar, talvez você não saiba, mas esta chapa azul não é filha de chocadeira. Este movimento nasceu na pérgola do Copacabana Palace, em que presentes estavam Flávio Godinho, Goni Arruda e eu. O restante da história, todos sabem.

Em tempo: Tenho recebido algumas reclamações de sócios com relação ao abandono em que se encontra o Fla-Gávea. Por favor, comunique a quem de direito”, escreveu Kléber Leite.

Imagem: Reprodução/Twitter