Mercado da bola: veja 5 zagueiros brasileiros da Europa para o Palmeiras ficar de olho

Palmeiras
Divulgação/Palmeiras

Mesmo depois de realizar 21 contratações, o torcedor do Palmeiras e a própria diretoria do clube sente que ainda existe a necessidade de contratar um zagueiro para brigar por titularidade com Vitor Hugo, Jackson, Victor Ramos e Tobio.

LEIA MAIS: 
Torcida do Guaraní-PAR visitou Arena do Palmeiras após vitória sobre o Corinthians

Marcos é o goleiro que mais defendeu pênaltis na história da Libertadores

Nesta semana o nome do zagueiro Leandro Almeida, do Coritiba, chegou a ser especulado no clube mas o Coxa se recusou a negociar um de seus titulares.

Para ajudar o Alviverde, o Torcedores.com selecionou cinco zagueiros brasileiros que atuam no futebol europeu; confira:

Henrique:

Velho conhecido dos palmeirenses, Henrique já acumula duas passagens pelo Alviverde, onde foi campeão do Paulistão, Copa do Brasil e da Série B. Em 2014 foi negociado com o Napoli e convocado para defender a seleção brasileira na Copa do Mundo. O jogador está com 28 anos.

Danilo:

Outro velho conhecido no Palestra Itália, foi contratado em 2009 para suprir exatamente a ausência de Henrique. Era titular absoluto da equipe na campanha que quase deu ao Palmeiras o título do Brasileirão. Após 150 jogos com a camisa Alviverde, o jogador foi vendido para a Udinese-ITA, onde é titular absoluto até hoje. O jogador está com 31 anos.

Alex:

O experiente zagueiro de 32 anos iniciou a carreira no Santos, mas fez sucesso no futebol europeu. Por atuou na Holanda, Inglaterra e França. Atualmente joga no Milan. O zagueiro ainda participou da campanha da seleção brasileira que conquistou a Copa América, em 2007.

Eric Botteghin:

O zagueiro Eric é desconhecido no futebol brasileiro. O jogador fez toda sua carreira no futebol holandês e atualmente, aos 27 anos, é destaque do FC Groningen. Em 2014 o jogador esteve muito próximo de vestir a camisa do Palmeiras, mas o negócio não deu certo.

Douglas:

O jogador de 27 anos iniciou sua carreira no Joinville, em 2007, mas foi no Twente que ele brilhou. Foram mais de 150 jogos e cinco títulos, até ser vendido para o Dinamo Moscovo. Em 2011 Douglas se naturalizou holandês e chegou a ser convocado para a seleção principal.

Foto: Divulgação/Palmeiras