No início, parceria do Botafogo com Viton44 montou camisa bizarra

Tudo que é novo ou recente causa estranheza, sobretudo no futebol. Quando o Botafogo e a Viton44 iniciaram um contrato de patrocínio, pouca gente gostou de ter estampado na frente da camisa alvinegra o refresco Guaraviton. Ideia semelhante já havia sido usada no clube em 1995, com o SevenUP, mas nem isso ajudou.

EIA MAIS: 
Rodrigo Pimpão garante triunfo do Botafogo contra o Paysandu pela Série B
Mercado da bola: Botafogo deve anunciar a contratação de Riascos nos próximos dias
Opinião: O Botafogo é um time de sucesso em 2015; Veja os motivos

Querendo entrar no mercado de futebol, a empresa viu no Glorioso a chance de ouro para aumentar a exposição de sua marca. Com o Botafogo fazendo uma temporada espetacular em 2013 e com Seedorf desfilando seu talento pelos gramados brasileiros, o que antes era motivo de piada se tornou algo de sucesso.

Empresa e clube lucraram com a parceira, fazendo uma das camisas mais bizarras do Botafogo se tornar um sucesso dentro de campo. Até mesmo o Guaraviton, uma bebida não muito popular, aumentou a sua aceitação perante o público brasileiro. Esse procedimento, é bom lembrar, hoje ocorre em outros times do Rio de Janeiro.

Imagem: Botafogo/Divulgação