O que o Memphis Grizzlies precisa melhorar para chegar à final?

Reprodução/Facebook

O Memphis Grizzlies, 5º colocado do Oeste, tem pela frente uma difícil missão: superar a melhor campanha da NBA para chegar à final da conferência. A franquia vem forte, mas o 1-0 da série a favor do Golden State Warriors mostra que ainda há aspectos a serem melhorados.

LEIA MAIS:

NBA: Sem Chris Paul, Blake Griffin brilha e Clippers batem Rockets

A equipe do Golden State tem no elenco dois dos melhores arremessadores da liga na linha dos três pontos, Klay Thompson e Stephen Curry. Ao todo, a dupla somou seis bolas convertidas na primeira partida, que acabou com a vitória dos mandantes por 101-86. Essa é uma característica que precisa ser mais bem trabalhada pelo Grizzlies, que não tem bons desempenhos no fundamento e poderia fazer melhor uso desta ferramenta.

Com uma defesa bastante consistente e um garrafão que está entre os mais fortes de toda a liga, um melhor rendimento da marca dos três pode significar o diferencial que o time precisa para vencer a segunda rodada dos playoffs. O ala-pivô Zach Randolph, por exemplo, tem um dos maiores índices de acerto da franquia (35%) mas, na prática, os números não são muito significativos. Em 71 jogos disputados na temporada regular, o jogador arremessou apenas 20 bolas do perímetro, o que corresponde a menos de uma por partida.

Por conta da classificação na temporada regular, o Grizzlies tem a necessidade de vencer também no ginásio do adversário, que além de forte costuma fazer excelentes chutes na linha de três. Essas circunstâncias tornam ainda mais evidente a importância de um bom trabalho nos arremessos de longa distância por parte do Grizzlies, que assim conseguiria aumentar o ritmo de pontuação e, principalmente, elevar a eficiência das jogadas de ataque.

Qual sua opinião sobre os pontos do Grizzlies que precisam ser melhorados na disputa pela vaga? Comente!

Crédito da Foto: Reprodução/Facebook



Jornalista formada em 2014, torcedora e apaixonada futebol, Fórmula 1 e esportes olímpicos. Sempre de olho nas últimas do mundo do esporte e louca por NBA.