Patriots murcharam bolas de propósito e Tom Brady tinha conhecimento, diz relatório

(Foto: Getty Images)

Assunto que gerou polêmica durante a pós-temporada da NFL no início do ano, o “Deflategate” ganhou novo capítulo na tarde desta quarta-feira. Segundo relatório independente feito por Ted Wells, a pedido da NFL, dois funcionários do New England Patriots esvaziaram as bolas da final da AFC, contra o Indianapolis Colts, deliberadamente. Além disso, o relatório indica que o quarterback Tom Brady sabia do esquema.

LEIA MAIS:

Perguntas que quem gosta de futebol americano não aguenta mais ouvir

Tom Brady e outros astros dos esportes americanos comparecem à luta de boxe

O relatório de 138 páginas, disponível para todos, indica que é “provável que o staff dos Patriots tenha participado do processo de violação das bolas e tenha realizado um esforço deliberado para burlar as regras do jogo”. Os funcionários que teriam modificado as bolas seriam o o assistente do vestiário Jim McNally e o auxiliar de equipamento John Jastremski. O relatório também indica que Brady estaria ciente de todo o processo, já que ele checa todas as bolas das partidas antes de cada jogo dos Pats em casa.

Durante a partida, que aconteceu no dia 18 de janeiro e terminou com vitória de New England por 45 a 7, a NFL descobriu que 11 das 12 bolas da partida estavam esvaziadas. Como equipe mandante da partida, a responsabilidade da conservação do material era dos Patriots. Durante o intervalo, as bolas foram enchidas novamente, mas o esquema já havia sido descoberto.

Nem NFL, nem New England Patriots, nem Tom Brady, se pronunciaram sobre o caso até o fechamento da reportagem.

——————————————–

Texto de Luan Araujo – mais em www.theplayoffs.com.br

* Curtiu esta matéria? Siga o The Playoffs no Twitter: @theplayoffsbr

Crédito da imagem: Getty Images



O The Playoffs é o primeiro portal brasileiro de esportes americanos. Com notícias diárias e atualizadas, fala das quatro principais ligas esportivas da América do Norte: NBA, NFL, NHL e MLB.