Punido por doping, atleta do Fluminense tem acompanhamento especial no clube

Enquanto o Tricolor Carioca começa sua caminhada na Série A do Campeonato Brasileiro, o atacante Michel tenta retomar sua carreira no clube carioca. Suspenso por doping por uso de cocaína até agosto, o atleta treina separadamente em Xerém, no Rio de Janeiro.

LEIA MAIS: 
Drubscky promove mudanças na equipe do Fluminense para o duelo contra o Galo

O gancho abalou profundamente o atleta, que perdeu peso desde que foi afastado de suas atividades e chegou a confidenciar a pessoas mais próximas que pode nem voltar a atuar. A rotina de Michael não é fixa, e ele tem passado também parte do seu tempo na casa de familiares, no interior de Minas Gerais.

Quando o atacante está em Xerém, o atleta vem recebendo tratamento especial dentro do clube, principalmente de uma psicóloga que ajudar a recuperar o alto-estima de Michel a voltar a jogar bola. O empresário Gerson Oldenburg, comenta que não se apressa com prazos e diz que que só o tempo irá dizer se o atleta, consegue se recuperar.

“Só o tempo dirá. É uma doença, só os psicólogos do clube podem falar. O mundo pode fazer tudo, mas você tem de se ajudar. As pessoas que giram em torno dele são reféns das suas atitudes”, diz Gerson ao jornal Extra.

Caso tudo ocorrer como planejado, Michael estará livre da suspensão no dia 1º de setembro, ainda a tempo para disputar o começo da Série A do Campeonato Brasileiro. O atleta terá que correr contra o tempo, para recuperar seu espaço no time titular.

Foto: Nelson Perez/Fluminense



Radialista, Jornalista com passagens como correspondente pelo site italiano CalcioNews24.com e pelo Arena Rubro-Negra. Atualmente setorista do Fluminense e Futebol Sul-Americano no Torcedores.com