Renê Simões critica atuação do Botafogo e afirma: “Um ponto é consolo”

Foto: Flickr Oficial do Botafogo/Divulgação

O Botafogo tinha a maioria da torcida na Arena Mané Garrincha para o duelo contra o Atlético-GO, porém não conseguiu superar o adversário e em uma das piores partidas da temporada empatou por 0 a 0. Ao longo da partida, é importante dizer, o destaque alvinegro ficou por conta do goleiro Jefferson.

LEIA MAIS:
Atlético-GO e Botafogo não saem do 0 a 0 em jogo fraco
Botafogo tem grande reação e empata com o Figueirense pela Copa do Brasil
Em 2015, o Botafogo conseguiu mais sócios do que todos os rivais juntos
Bill usou camisa comemorativa contra o CRB. Saiba porquê

No primeiro tempo, o time de Renê Simões teve uma atuação apagada e isso incomodou o comandante, que criticou a postura da equipe:

“Não foi um bom jogo. No primeiro tempo, principalmente, o Botafogo não existiu. No segundo melhorou um pouco, mas ainda não foi o Botafogo que a gente quer e o futebol que o time vinha jogando. Do jeito que estava o jogo, qualquer coisa podia acontecer. Tivemos algumas chances e eles também. Não foi um jogo que agradou. Um ponto serve de consolo”, disse Renê Simões em coletiva.

Para ele, a equipe poderia e deveria ter feito mais, principalmente nos primeiros quarenta e cinco minutos:

“O time poderia produzir mais. Se tivesse produzido e empatado, tudo bem. Mas quando você não produz, fica a frustração pelo desempenho. O passe foi muito ruim, a recomposição foi muito lenta. O primeiro tempo é para apagar. Ou para mostrar para eles o que não se pode fazer”, analisou Renê.

Foto: Flickr Oficial do Botafogo/Divulgação