Ronaldo revela como seu pai atrapalhou possível flerte com Gisele Bundchen

Para muitos, Ronaldo foi o maior camisa 9 que o futebol brasileiro e mundial viram jogar. Para outros, chamá-lo de Fenômeno é exagero, pois boa parte de sua carreira ele conviveu com lesões graves. Seja qual for a sua opinião sobre o talento deste ex-jogador, o fato é que poucos tiveram tanto talento de marketing com ele.

LEIA MAIS:
Brasileiro pega onda “gigante” no México e quase perde a vida;Assista
Aos 5 anos, garoto japonês faz sucesso na internet ao imitar golpes lendários de Bruce Lee

Essa visão empreendedora, que já o acompanha desde os tempos em que brilhava nas quatro linhas, se tornou mais evidente quando Ronaldo pendurou as chuteiras. Atuando em vários segmentos do mundo corporativo, o Fenômeno ganhou destaque nos preparativos para a Copa do Mundo ao ser um dos mais ferrenhos defensores do evento, assim como nas eleições presidenciais de 2014, oportunidade em que declarou apoio ao candidato derrotado Aécio Neves.

Contudo, outro ponto da personalidade de Ronaldo tem chamado a atenção: seu carisma e senso de humor. Na noite desta segunda-feira (04), o craque participou do programa CQC, da Rede Bandeirantes, e, de maneira lúdica, foi indagado a respeito de um possível flerte com a modelo Gisele Bundchen. Veja o que ele disse:

“Eu encontrei a Gisele uma vez na vida. Ela estava no avião e eu estava viajando com meu pai. Na primeira classe, meu pai tirou o tênis e ficou aquele chulé na primeira classe inteira. Eu só lembro que a Gisele se cobriu e eu nunca mais vi a Gisele. Ela foi a primeira a sair do avião pedindo máscara de oxigênio”, disse Ronaldo aos risos.

Foto: Divulgação