Saiba o que cada clube brasileiro precisa fazer para seguir na Libertadores

Divulgação/Corinthians

Os cinco times brasileiros vivos na Copa Libertadores entraram em campo nesta quarta-feira para os jogos de ida das oitavas de final e apenas um pôde sorrir no final da noite. O São Paulo foi o único a vencer e agora tem boa vantagem contra o Cruzeiro.

LEIA MAIS
Cássio leva frango no Corinthians pela Libertadores e vira piada na web; veja
Ceni comemora bom público e critica falhas na finalização do São Paulo
São Paulo bate recorde de público do ano no Brasil contra o Cruzeiro

Já o Corinthians foi muito mal no Paraguai e trouxe uma derrota por 2 a 0 para o Guaraní na bagagem e muitas dúvidas sobre o momento da equipe.

Em Minas Gerais, o Internacional não venceu, mas conseguiu um bom resultado ao empatar por 2 a 2 com o Atlético-MG.

Confira a situação dos três duelos que envolvem times brasileiros:

Corinthians x Guarani: O time brasileiro está em situação complicada. Precisa vencer por três gols de vantagem na próxima quarta-feira, dia 13, na Arena Corinthians, para avançar às quartas de final.

Se o time paraguaio marcar ao menos uma vez, o Corinthians precisará de quatro gols, no mínimo. Um novo 2 a 0 leva a disputa para os pênaltis e qualquer empate dá a vaga ao Guarani.

Cruzeiro x São Paulo: A vitória magra dá a vantagem do empate para o tricolor paulista no duelo da próxima quarta-feira, no Mineirão. O Cruzeiro precisa de uma vitória por dois gols de diferença para avançar. Se vencer por 1 a 0, a Raposa leva o duelo para pênaltis.

Caso o Tricolor marque um gol fora de casa, o time mineiro precisará de três gols.

Internacional x Atlético-MG: O duelo de ida em Belo Horizonte terminou 2 a 2 e dá vantagem considerável para o Inter. Outro empate, mas por 0 a 0 ou 1 a 1, faz a vaga ficar em Porto Alegre. Um novo 2 a 2 leva a partida para as penalidades. Quem vencer, por qualquer placar, leva.

Crédito da foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians



Editor senior do Torcedores.com, o jornalista formou-se na Universidade Metodista em 2009 e passou pelas redações do Diário do Grande ABC, Agora SP, UOL e Fox Sports, onde fez a cobertura da Copa do Mundo de 2014. Está no Torcedores desde outubro de 2014.