Opinião: 3 importantes pontos na vitória do Santos sobre o Cruzeiro

Santos
Divulgação/Santos

E nessa tarde de domingo, pela segunda rodada do campeonato brasileiro, o Santos venceu a equipe do Cruzeiro pelo placar de 1×0, gol de Geuvânio aos 44 da primeira etapa, na Vila Belmiro e alcança seu primeiro triunfo na competição.

Como não poderia ser diferente, Santos e Cruzeiro realizaram uma partida interessante, onde a equipe mineira impunha nos primeiros minutos uma boa marcação, retirando espaços, com um forte contra-ataque, e sem deixar espaço para o adversário, o Cruzeiro avançava sua marcação, apertava a saída de bola, e muito consciente taticamente em campo, durante os 30 primeiros minutos teve o controle da partida, embora não tenha criado chances claras de gol (A que criou, Willian estava impedido).

Após os 30 minutos, o Santos, até então lento e preso na marcação, cresceu de produção.. Robinho, bem marcado, passou a aparecer mais na partida, Lucas Lima passou a buscar mais o jogo e a se movimentar mais, assim como Geuvânio, caindo pelos lados do campo, começava a aparecer mais no jogo.

Poucas foram as oportunidades na primeira etapa, e numa sobra ainda no campo de defesa santista, Lucas Lima acionou Robinho, e na boa movimentação de Ricardo Oliveira que puxara a marcação, Geuvânio ficou no mano a mano com o bom Fabrício (Que ama um chilique, esse rapaz, meu Deus..), e na entra da área num belo arremate, o caveirinha abria o placar para os donos da casa, que ainda tiveram mais uma grande oportunidade num chute de fora da área de Lucas Lima que exigiu de Fábio grande defesa.

Na segunda etapa, a equipe de Vila Belmiro foi superior, criou boas oportunidades, e sem exagero (Embora não fosse jogo pra isso), poderia ter conseguido um placar mais elástico, não fossem as boas intervenções nas finalizações de Robinho e Gabriel, em cima da linha, e outra de Gabriel, pra fora… O Cruzeiro até tentou alguma coisa, quase marca de cabeça seu gol aos 40 e poucos da segunda etapa, mas não conseguiu melhor sorte, e amarga sua segunda derrota na competição.

O torcedor cruzeirense terá que ter paciência com seu time nesse momento difícil onde se joga uma fase importante de Libertadores, junto com o brasileiro, mas não pode bobear, pra não ficar complicado recuperar esses pontos depois, embora seja uma grande equipe, muito bem treinada e entrosada, perdeu peças importantes do ano passado pra cá, perder pontos importantes nessa fase da competição costuma trazer problemas pra quem vai brigar por título/libertadores, e acredito que seja o caso da equipe mineira.

Já o Peixe, mantém sua invencibilidade em seus domínios, conquista 3 pontos muito importantes para a sequência do campeonato, e deixa agora o brasileiro um pouco de lado para seu complicado compromisso pela Copa do Br contra o Sport, na Ilha.

O Santos tem tudo pra fazer um brasileiro bem diferente do que tem feito nos últimos anos, onde ou por comodismo ou falta de grana pra maiores investimentos pra uma competição longa, tem obtido resultados muito abaixo do que se espera… Hoje, a equipe possui uma mescla muito interessante entre experientes e jovens valores, tudo não fica mais nas costas de uma molecada, há com quem dividir a responsabilidade e as cobranças… Se vai chegar pra brigar ou não, infelizmente pra uma equipe sem grana em caixa, vai depender da bendita janela de transferência, e do caso Robinho.

Mas duas coisas, são bem claras, além dos reforços que a diretoria está buscando sem muito alarde… As manutenções, principalmente de Robinho, e Lucas Lima, fundamentais, e a vontade em se querer fazer um campeonato diferente do que se tem feito nos últimos anos, onde ou faltou grana pra se montar um elenco melhor, ou sobrou acomodação por conta dos títulos do primeiro semestre…

O Paulista foi bom, mas ter uma participação digna no brasileiro, o que não ocorre desde 2007, faz-se mais que necessário, é obrigatório.



Um torcedor apaixonado pelo Santos FC