São Cristóvão aposta na garotada do Sub-20 para se reerguer no futebol carioca

Divulgação/Fluminense

A equipe do São Cristóvão vem fazendo um campeonato mediano no Carioca série B. Apesar de ter ficado em penúltimo lugar do grupo A da Taça Santos Dumont, os Cadetes da Figueira de Melo ficaram em 10º na classificação geral da competição.

Um dos fatos que os dirigentes do São Cristóvão devem se orgulhar é dos meninos da sub-20. No campeonato da base de 2014, a equipe ficou em penúltimo lugar da competição, diferente deste ano. A garotada terminou a Taça Santos Dumont em 4º lugar, faltando apenas dois pontos para alcançar o Gonçalense e passar de fase para o quadrangular final do campeonato.

Um dos destaques da categoria de base do “Tóvão” é o goleiro Igor Ligório. O arqueiro de apenas 19 anos treina entre os profissionais e é cotado para subir para a equipe profissional.

“Quero atuar. Quero jogar. Independente de tudo quero ajudar o São Cristóvão e sei que posso acrescentar e muito na equipe sub-20″, comentou o goleiro, que já defendeu até pênalti no torneio de Santos Dumont.

Igor, que é o capitão da equipe, prefere atuar na equipe de baixo, ao invés de ficar na reserva nos profissionais.

“Estamos trabalhando forte para fazermos um campeonato ainda melhor. Sempre visamos à vitória e faremos de tudo para passarmos de fase e chegar ao título da competição. Acredito e muito na equipe”, acrescentou.

As equipes dos profissionais e da base só voltam aos gramados dia 10 de maio, já válido pela segunda parte do Carioca série B, campeonato na qual é chamado de Taça Corcovado. Ambos os confrontos são diante do Ceres.

Crédito da foto: Divulgação/Fluminense



Jornalista, fanático por futebol, qualquer tipo: botão, pebolim, virtual, várzea, categorias de base.