Tite nega soberba corintiana contra o Guaraní: “Nunca dissemos que éramos o melhor time”

O Corinthians perdeu as duas partidas para o Guaraní-PAR e foi eliminado nas oitavas de final da Copa Libertadores. Para muitos torcedores e jornalistas, a soberba corintiana teria sido o principal motivo para a queda na competição. Questionado sobre isso, o técnico Tite foi enfático.

LEIA MAIS:
Jogadores do Corinthians lamentam eliminação e falam em dar a volta por cima no Brasileirão

“Soberba não tem. Não conquistamos um título. Na outra passagem, quando ganhamos algumas coisas, mesmo assim nos mobilizamos num Paulista. Nunca dissemos que éramos o melhor time. Não vejo ostentação”, disse durante entrevista coletiva após a derrota por 1 a 0, na Arena.

Assim como semanas atrás, Tite voltou a negar que o Corinthians teria escolhido enfrentar o Guaraní. Na última rodada da fase de grupos, o Corinthians foi derrotado pelo arquirrival São Paulo e teoricamente escapou do adversário mais forte, o Atlético-MG.

“Fui a três Libertadores com o Grêmio, uma Sul-Americana… Outra com o Internacional, outra com o São Caetano, três com o Corinthians (2012, 2013 e 2015). Isso nos dá uma experiência de saber que não tem jogo fácil. Quando falo uma informação, ela é verdade. Não minto. Saí do jogo contra o São Paulo achando que era o Atlético-MG o adversário. Vou a campo fazer meu melhor”, explicou.

Eliminado na Libertadores, o Corinthians foca as suas atenções no Campeonato Brasileiro. No próximo sábado, a equipe enfrenta a Chapecoense, na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara, pela segunda rodada.

crédito foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)