5 jogadores que estão ‘esquecidos’ no futebol árabe e poderiam reforçar seu time

Muitos jogadores brasileiros estão se transferindo para o futebol árabe e acabam sendo ‘esquecido’, por muitos clubes do Brasil e Europa e até mesmo pela Seleção Brasileira. Fato é, que jogadores consagrados, ou que saem muito cedo do futebol brasileiro acabam fazendo sua vida no Emirados Árabes.

LEIA MAIS:
Mercado da bola: Oscar é o mais cotado para substituir Tevez na Juventus

Jogadores como Rodrigo Tabata, ex-Santos, Ceará e Goiás, o atacante Grafite, ex-São Paulo, Grêmio, Santa Cruz e futebol alemão, além do atacante Muriqui que se destacou no Atlético-MG, Ederson que pertence ao Atlético Paranaense, estão atuando no futebol árabe. Jogadores que estão atuando nos Emirados e não almejam retornar, para o Brasil.

Diante disto, o Torcedores.com lista cinco jogadores que estão no futebol árabe e dificilmente irão voltar para o Brasil. Além de mostrar, como estão a situação dos atletas em seus respectivos clubes.

Rodrigo Tabata: O meia-atacante Rodrigo Tabata, de 34 anos, que atuou pelo Goiás e Santos, recentemente prorrogou seu vínculo com o Al-Rayyan e está desde 2008 longe do futebol brasileiro quando saiu do Peixe. O atleta não pensa tão cedo retornar ao Brasil.

Junior Dutra: Atacante, de 27 anos, com passagens pelo Santo André e Santos está longe do Brasil há cinco anos. Atualmente joga no Al-Arabi onde se transferiu ano passado e até hoje vem se firmando no futebol árabe e dificilmente voltará para o futebol brasileiro.

Grafite: O atacante, de 36 anos, está longe do futebol brasileiro desde 2006 quando saiu do São Paulo atualmente reforça o Al-Sadd, dos Emirados Árabes Unidos. O jogador recentemente recebeu uma proposta para retornar, ao Santa Cruz e analisa a possibilidade.

Ederson: Atacante, de 26 anos, pertence ao Atlético-PR, está longe do Brasil há dois anos quando saiu do Furacão para ser emprestado ao Al-Wasl dos Emirados Árabes Unidos. O clube árabe tem interesse em contar com o seu futebol, para os próximos anos.

Muriqui: O atacante Muriqui, ex-Avaí e Atlético Mineiro, de 29 anos, teve seu auge no Guanghzou Evergrande onde realizou 133 jogos e marcou 77 gols e depois acabou se transferindo ano passado pelo Al Sadd onde atuou em 18 jogos pelo clube árabe e está há quatro anos longe do Brasil.

Foto: Divulgação



Radialista, Jornalista com passagens como correspondente pelo site italiano CalcioNews24.com e pelo Arena Rubro-Negra. Atualmente setorista do Fluminense e Futebol Sul-Americano no Torcedores.com