“Aldo tem de se preocupar com o queixo”, afirma Conor McGregor

Reprodução/Facebook

O irlandês Conor McGregor mostrou o porquê de ser considerado o maior falastrão do MMA atual. Desafiante ao cinturão do peso pena (66kg) do UFC, o rival do brasileiro José Aldo no UFC 189, dia 11 de julho, recebeu a imprensa na mansão que alugou em Las Vegas, nos Estados Unidos. E falando bastante sobre Aldo.

LEIA MAIS:
McGregor não perdoa lesão de Aldo: “Teve uma pequena cólica menstrual”

Questionado sobre a lesão que o brasileiro sofreu na costela durante os treinamentos, McGregor foi direto: “José Aldo não tem que se preocupar com sua costela, eu vou (mirar) no seu queixo; eu quero nocauteá-lo. Eu vou apenas lutar a minha luta. É seu queixo que vou caçar. Eu não vou mirar de propósito naquela área”, afirmou.

Caso Aldo não possa entrar no octógono, McGregor disputará o título interino com o americano Chad Mendes. “ Eles são todos iguais, lutam da mesma forma, têm os mesmos golpes, se movem da mesma forma. E, particularmente, Chad Mendes e José Aldo são muito semelhantes em estilos, na forma como se aproximam da luta. São adversários parecidos. Não faz diferença”, disse o irlandês.

“No fim, é só uma costela machucada. Um pouco de gelo, de analgésicos e devemos ter uma luta. Por mim, eu dou uma surra em José e em Chad na mesma noite, se precisar ser assim. Quem vier para o octógono vai apanhar”, completou McGregor.

A postura autoconfiante do irlandês também aparece em atividades fora do octógono. McGregor estrelou o comercial de um jogo para celular chamado “Game of War” (“Jogo da Guerra”). E, bem ao seu estilo, dá o recado: “Para todos que ousarem me desafiar, vocês sabem onde me encontrar no ‘Game of War’. Não me importa de que país, mar ou reino você seja! Eu vou te achar e vou te fazer beijar os meus pés!”

Confira o vídeo de McGregor:

Crédito da foto: Reprodução/Facebook



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.