Ceni ameniza goleada e lamenta má sorte no primeiro gol do Palmeiras: “infelicidade”

O São Paulo foi goleado pelo rival Palmeiras, neste domingo (28), pela 9ª rodada do Brasileirão, mas nem tudo foi desastroso para o goleiro e capitão do time, Rogério Ceni. Ele exaltou a postura do time, enquanto estava 0 a 0, reclamou de falta de sorte no primeiro gol alviverde e elogiou muito a atuação de Egídio, autor de duas assistências para os gols palmeirenses.

LEIA MAIS:
São Paulo perde de goleada para o Palmeiras e vira piada nas redes sociais
Palmeiras atropela o São Paulo e confirma reação no Brasileiro; Confira os gols

“Estávamos muito bem na partida. Acho que até o momento do primeiro gol, o São Paulo era melhor. O primeiro gol foi uma infelicidade. Se a bola não desvia no Souza, era uma defesa fácil, estava na minha direção a bola”, explicou Rogério Ceni.

Ele reforçou que esse gol fez o São Paulo perder a confiança e diminuir um pouco o ritmo que apresentava até aquele momento. Depois, de acordo com o goleiro, precisando ir para cima, para amenizar o prejuízo, cedeu espaços e sucumbiu aos contra-ataques palmeirenses, que foram muito bem aproveitados..

“Bola parada do Palmeiras é o ponto forte. Eles foram superiores nesse ponto. A qualidade que sobrou ao Palmeiras, na hora de definir, faltou para nós”, reconheceu, enaltecendo a “tarde feliz” que teve Egídio, o lateral-esquerdo palmeirense. “É claro que agora vão analisar o resultado e não como o time se comportou em campo. Jogamos pelas pontas, tivemos iniciativa, tem muita coisa pela frente ainda”, completou o capitão são-paulino.

Com a derrota, o São Paulo estacionou nos 17 pontos, ocupando agora a 4ª posição, por causa do saldo de gols. O próximo compromisso do time será na quarta-feira (1º), contra o Atlético-PR, fora de casa.

Foto: Divulgação / São Paulo FC



Tudo o que preciso é um papel e uma caneta. Apaixonado por esportes desde 1900 e bolinha: de futebol, basquete, tênis, rugby...