Confusão com Guerrero, provocação obscena e “amnésia” marcam Copa América

Getty Images

Se a fase de grupos da Copa América teve poucas emoções, o mesmo não se pode dizer das quartas de final da competição. Encerrada no último sábado, a primeira fase do mata-mata teve, pelo menos, uma coisa inusitada por jogo.

Relembre fatos marcantes da Copa América:

Provocação obscena

O duelo entre Chile e Uruguai foi marcado pela provocação pouco usual de Gonzalo Jara a Edinson Cavani. O zagueiro chileno “cutucou” o uruguaio em uma região diferente e levou um tapa no rosto, resultando na expulsão do atacante.

Guerrero ousa e cria confusão

O Peru vencia a Bolívia e estava praticamente classificada e partia em contra-ataque. Melhor jogador em campo, o atacante Paolo Guerrero decidiu ousar e deu um passe cheio de marra para o companheiro. O gol não saiu e os bolivianos ficaram revoltados com o ato do camisa 9. A confusão foi generalizada.

Bolivianos arrumando briga por causa do passe do Guerrero, quanta palhaçada.Futebol é isso, minha gente. É espetáculo (ou pelo menos deveria ser).

Posted by Doentes por Futebol on Sexta, 26 de junho de 2015

Milagre de Ospina

Lionel Messi já marcou gols impossíveis e fez jogadas incríveis. O argentino não perderia um gol da pequena área, certo? Errado. O goleiro Ospina fez defesa espetacular em finalização de cabeça do craque.

Amnésia de Thiago Silva

O zagueiro Thiago Silva colocou a mão na bola e virou piada ao cometer pênalti na partida contra o Paraguai. Após o jogo, no entanto, o jogador afirmou que não lembrava do lance. “Eu não me lembro de ter tocado com a mão na bola. O árbitro falou que viu uma mão, mas não sabe quem colocou”.

Crédito da foto: Getty Images



Editor senior do Torcedores.com, o jornalista formou-se na Universidade Metodista em 2009 e passou pelas redações do Diário do Grande ABC, Agora SP, UOL e Fox Sports, onde fez a cobertura da Copa do Mundo de 2014. Está no Torcedores desde outubro de 2014.