Contra Atlético-PR, São Paulo pode ter zaga que ainda não jogou junta no Brasileirão

São Paulo
Crédito de imagem: São Paulo/ Divulgação

O São Paulo irá a Curitiba nesta quarta-feira (1º) tentar o que ainda não conseguiu em sua história: vencer o Atlético-PR, na Arena da Baixada, casa deles. E se a missão já seria difícil por conta deste retrospecto negativo e da fase ruim pela qual o clube passa, tende a ficar ainda mais complicada, já que a zaga, um dos setores mais criticados da equipe, pode ser formada por uma dupla que ainda não jogou junta nesse Brasileirão.

LEIA MAIS:
Opinião: O São Paulo de hoje é qualquer coisa. Menos o São Paulo

Edson Silva e Lucão tendem a ser os escalados por Juan Carlos Osorio, na partida que começa às 22 horas. Isso porque Rafael Toloi não treinou neste início de semana e é dúvida para o confronto, e Dória, outro que vinha jogando, está sem contrato e, já nesta terça-feira (30), treinou separado do resto do elenco, aguardando a resolução de sua situação.

Apesar da novidade, Edson Silva e Lucão já jogaram juntos este ano, em quatro rodadas do Paulistão e não foram dignos de críticas ferrenhas. Pelo contrário: em todas elas saíram vencedores.

O que faz o são-paulino torcer o nariz, na verdade, é com a lentidão do primeiro e a inexperiência do segundo. Edson Silva, por exemplo, foi muito questionado no empate do São Paulo em 1 a 1, com o Avaí, há duas semanas, quando entrou em campo com o time vencendo e foi considerado um dos grandes responsáveis pelo recuo excessivo da equipe, que acabou sofrendo o gol no final.

Já Lucão, que estava servindo à seleção sub-20 até poucos dias, não inspira ainda a plena confiança, já que desde que foi promovido aos profissionais, entrou e saiu do time titular várias vezes, o que é encarado por parte da massa Tricolor como uma falta de capacidade de se impor nos treinamentos e, consequentemente, nos jogos, algo fundamental para um zagueiro.

Com eles ou sem eles, porém, o São Paulo entra em campo bastante pressionado, afinal, está há dois jogos sem vencer, caiu da liderança, para o 4º lugar, vem de uma goleada de 4 a 0 para um rival e, caso perca para o rubro-negro paranaense, terminará a rodada fora do G4. O time que treinou junto neste início de semana e pode representar o Tricolor foi formado por: Rogério Ceni; Bruno, Edson Silva, Lucão e Carlinhos; Souza, Michel Bastos, Wesley, Thiago Mendes e PH Ganso; Alexandre Pato.

Foto: Divulgação / São Paulo FC



Tudo o que preciso é um papel e uma caneta. Apaixonado por esportes desde 1900 e bolinha: de futebol, basquete, tênis, rugby...