Cristóvão balança no Flamengo e diretoria já tem possíveis substitutos. Saiba mais!

Gilvan de Souza/Flamengo

Ainda na terceira rodada do Campeonato Brasileiro, o Flamengo dispensou Vanderlei Luxemburgo e trouxe Cristóvão Borges para buscar uma reação imediata. Após seis jogos à frente do Rubro-Negro, o comandante atual somou duas vitórias e quatro derrotas, e a equipe amarga a 17ª colocação, dentro da zona de rebaixamento. Além das vaias da torcida que não anda nada satisfeita, Cristóvão já começa a sentir sua “batata assar” pelo que reportaram o jornal Lance! e a Fox Sports.

LEIA TAMBÉM:
À espera de Guerrero, Flamengo pode não usá-lo em todos os jogos. Entenda
Flamengo irrita torcedores do Corinthians ao copiar bordão; entenda
Flamengo x Vasco “foi o pior jogo em que trabalhei”, diz jornalista do Sportv
Renato Maurício Prado se irrita com a derrota do Flamengo para o Vasco
Para Juca Kfouri, só dupla Guerrero e Sheik pode salvar Flamengo da Série B

No programa “A última Palavra”, o apresentador Renato Maurício Prado disse que “fontes na Gávea dizem que o nome de Oswaldo de Oliveira é bem forte e um dos preferidos da diretoria do Flamengo desde que foi demitido do Palmeiras há algumas semanas e seria o nome mais cotado a assumir o cargo em caso da saída de Cristóvão”.

Por sua vez, o Lance! também confirma Oswaldo como um dos principais candidatos, mas o nome de Cuca (suspenso na China por sete meses após agredir um assistente em partida) também ganha força. Ambos já foram procurados pelo Flamengo para saber se há interesse de comandar o Rubro-Negro no restante da temporada.

Tanto Oswaldo (2003) quanto Cuca (2009) já dirigiram o Rubro-Negro no passado, porém não agradaram a diretoria em suas passagens e foram desligados após poucas partidas à frente do time.

Apesar de toda especulação, Cristóvão deve seguir no comando, ao menos, até o jogo desta quarta-feira contra o Joinville em Santa Catarina. Uma estatística não tão interessante para o atual treinador do Flamengo é que, nos últimos dois anos e meio – tempo da gestão do presidente Eduardo Bandeira de Mello – sete técnicos já passaram pela Gávea.

Curtiu a matéria? Siga o autor no Twitter: @fontes_matheus.
Facebook: Matheus Martins Fontes.

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.