Cristóvão lamenta apatia no clássico e exige reação imediata do Flamengo no Brasileiro

Gilvan de Souza/Flamengo

O resultado negativo contra o Vasco poderia ser suficiente para descrever o quanto o Flamengo foi abaixo da média nesse domingo na Arena Pantanal, em Cuiabá. Mas o técnico Cristóvão Borges não quis deixar de lado os comentários duros para o elenco na entrevista coletiva: o Urubu precisa melhorar muito depois do pouco que apresentou em campo pela nona rodada do Campeonato Brasileiro.

LEIA TAMBÉM:
Após derrota, Samir cobra Flamengo: “Temos de ser mais homens do que nunca”
Vasco vence o Flamengo e torcedores tiram onda na internet; veja
Vasco x Flamengo: Veja o gol da vitória vascaína

Para o técnico, o primeiro tempo do Rubro-Negro foi para esquecer e a causa de tamanha apatia foi pela pouca movimentação dos jogadores. “A equipe jogou muito mal no primeiro tempo. Aceitamos a marcação, tivemos dificuldade na criação. Aí, com pouca movimentação, a marcação ficou fácil, viramos presa fácil”.

O segundo tempo, segundo ainda a opinião de Cristóvão, foi melhor para o lado do Flamengo, que até criou chances de empatar, mas não foi feliz na conclusão. De fato, o Rubro-Negro teve uma chance real de gol com Alan Patrick, porém o chute do meia parou em Charles.

Na próxima rodada, o Flamengo visita o Joinville em mais um confronto de desesperados. O Urubu tem sete pontos e ocupa a 17ª colocação, enquanto os catarinenses estão na lanterna, com quatro. Cristóvão já exige uma resposta do time na quarta-feira. “Se ficarmos próximos daquilo que fizemos em algumas partidas, temos de melhorar. Não só pela necessidade, mas pela atuação de hoje, temos de reagir. Temos de reagir porque não é esse o nosso Flamengo”.

Curtiu a matéria? Siga o autor no Twitter: @fontes_matheus.
Facebook: Matheus Martins Fontes.

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo


Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.