Flamengo x Vasco “foi o pior jogo em que trabalhei”, diz jornalista do Sportv

A vitória do Vasco sobre o Flamengo, por 1 a 0, na Arena Pantanal, em Cuiabá, tirou o Gigante da Colina da lanterna da competição e também pôs fim ao jejum de 9 jogos sem vencer. Com o resultado, o Cruzmaltino recupera parte da confiança de sua torcida e pode se reerguer no Campeonato Brasileiro.

LEIA MAIS:
Riascos decide clássico e vira arma para zoar os rivais; veja
Vasco vence o Flamengo e torcedores tiram onda na internet; veja
Vasco x Flamengo: Veja o gol da vitória vascaína
Renato Maurício Prado se irrita com derrota do Flamengo para o Vasco

Contudo, o jogo esteve longe de ser um primor de qualidade técnica. Segundo site Footstats, foram 97 passes errados em 98 minutos (considerando os acréscimos), 9 finalizações para fora de 11 chutes, além de uma série de chutões sem objetividade, principalmente do Vasco. Diante de números tão expressivos, o comentarista do Sportv, Lédio Carmona, afirmou:

“Depois do que passamos sábado, com um vexame na Copa América, vivemos esse clássico na Arena Pantanal. Lembrei do Capita (Carlos Alberto Torres) e pensei na galera que jogou tanta bola em 1960 e 1970 vendo esse jogo. O que devem pensar? Estou acostumado a fazer jogo ruim. No Campeonato Brasileiro, jogo ruim é uma tônica, fiz um Figueirense e Internacional horroroso. Mas esse foi o pior jogo que trabalhei em 2015. Foi medonho, terrível”, – disse Lédio, completando na sequência – “Só bico para frente o tempo inteiro. Foi um bico na história do futebol brasileiro. Um jogo horroroso. Vasco um pouquinho melhor no primeiro tempo, com melhor saída de bola e uma marcação um pouco mais apurada. Fez o gol aos 16 minutos na sua melhor jogada com uma cabeçada de Riascos e foi só. Depois virou ataque contra defesa (…). Até sugeri a inclusão de um item (ao scout do SporTV): o bico para frente. Não adianta pensar em contra-ataques, em lançamento longo ou em virada de jogo, não teve nada disso, só teve bico para frente”.

Foto: Reprodução/Sportv