Galvão Bueno critica declarações de Dunga: “Espero que seja mais feliz no campo”

Foto: Reprodução/TV Globo

A infeliz frase do técnico da seleção brasileira Dunga, na tarde desta sexta-feira (26), repercutiu muito mal entre torcedores e jornalista. Ao afirmar que se sentia um “afrodescendente, de tanto que apanhei. Os caras olham e batem”, o comandante da equipe canarinho já pediu desculpas publicamente pelas palavras, mas seu comentário não passou batido.

LEIA MAIS:
Opinião: Dunga perdeu a chance de ficar calado
“Acho que sou um afrodescendente, de tanto que apanhei”, reclama Dunga, sobre críticos

Na edição do Jornal Nacional, da Rede Globo, nesta sexta, o narrador Galvão Bueno não se esquivou de comentar as palavras de Dunga. Incomodado pelo que ouviu, Galvão afirmou preferir que o treinador seja mais feliz no campo do que com o microfone diante de si:

“Eu espero que em campo o Dunga seja mais feliz do que foi hoje na escolha das palavras”, disse Galvão.

Neste sábado (27), a seleção brasileira entra em campo diante do Paraguai, pelas quartas de finais da Copa América. Do banco de reservas, Dunga tentará ser mais feliz e fazer a torcida brasileira feliz, enquanto da cabine de transmissão Galvão Bueno deverá dar mais um show de narração.

Foto: Reprodução/TV Globo