Galvão Bueno faz duras críticas a Dunga e pede: “precisamos zerar a pedra”

Foto: Reprodução

O narrador Galvão Bueno não escondeu a sua insatisfação com o trabalho do técnico Dunga à frente da seleção brasileira nesta segunda passagem. A principal voz da TV Globo criticou muito as escolhas do treinador durante participação no Esporte Espetacular deste domingo.

Quando questionado pela apresentadora Glenda Kozlowski se a virose teria influenciado na eliminação para o Paraguai, Galvão atacou.

“Posso devolver a pergunta? A virose teria prejudicado a seleção quando vencemos o Peru de virada no último minuto? Prejudicou quando perdemos para a Colômbia? Ou quando vencemos a Venezuela tomando sufoco no final do jogo? Eu sou contra esconder as coisas. É muita coisa fechada, treino fechado. Ontem (sábado), recebemos quatro pessoas da CBF na cabine e todos disseram que estava tudo ótimo. Quando se esconde muito, é porque as coisas não estão da forma certa”, disse.

“Não quero sacrificar nenhum jogador. Temos que rever porque a escolha dessa comissão técnica foi tão rápida, no dia seguinte. Não houve uma conversa. É possível o Lucas ficar fora da seleção brasileira para jogar o Douglas Costa, com todo o respeito. O Hernanes? É possível trazer jogadores da Ucrânia com o que o Kaká está jogando”, disse.

Sobre o futuro, o narrador, que costuma apoiar de forma incondicional a seleção, fez mais críticas.

“É preciso zerar a pedra e pensar tudo de novo. Tem que mudar alguma coisa na convocação, no conceito do trabalho, para se ter time de maior intensidade”, analisou.

As criticas de Galvão repercutiram nas redes sociais:

Crédito da foto: Reprodução



Editor senior do Torcedores.com, o jornalista formou-se na Universidade Metodista em 2009 e passou pelas redações do Diário do Grande ABC, Agora SP, UOL e Fox Sports, onde fez a cobertura da Copa do Mundo de 2014. Está no Torcedores desde outubro de 2014.