Gilmar Rinaldi processará Zico após ‘insinuações levianas e irresponsáveis’

foto: Rafael Ribeiro/CBF

Gilmar Rinaldi, coordenador-geral de seleções da CBF, tomará medida judiciais após Zico insinuar que ele ainda atua como empresário, favorecendo a ida de determinados jogadores à seleção brasileira. A declaração do Galinho foi dada em entrevista ao blog Extracampo, da jornalista Marluci Martins.

LEIA MAIS:
Zico questiona Dunga e Gilmar Rinaldi nas convocações: “Seleção não é balcão de negócios”

“É com muita surpresa que li essa informação, até porque o conheço e estivemos juntos inúmeras vezes. Ele nunca insinuou nada. Acho muito estranho e vou interpelar ele judicialmente agora para que comprove o que falou”, disse o ex-goleiro do Flamengo.

Rinaldi lamentou as insinuações do ex-meia e relembrou que Zico, recentemente, sofreu a mesmas acusações, quando foi diretor do Flamengo.

“Na verdade, sinto uma grande decepção até porque ele esteve num cargo executivo há pouco tempo e sofreu as mesmas acusações que está me fazendo. Ele sabe muito bem como é difícil trabalhar como executivo. Mas nada melhor do que a gente usar o caminho da Justiça para que ele prove as insinuações que são levianas e irresponsáveis, na minha opinião. Vou procurar o meio melhor, que é a Justiça. Vou interpelá-lo judicialmente para que me prove o que está falando. Não pode sair falando de uma pessoa sem ter provas”, atacou.

“Quando Zico ocupou o cargo de executivo no Flamengo, foi acusado de fazer negócio com o filho dele… Zico sabe o quanto a gente está exposto…”, completou.

foto: Rafael Ribeiro/CBF

 

 

 



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)