Ídolo do UFC polemiza nas redes sociais sobre casamento gay: “Se apoia tem que dar a b…”

Reprodução/Facebook

O ex-lutador de MMA Wanderlei Silva causou polêmica nas redes sociais na manhã deste sábado (27). O brasileiro, que foi ídolo no UFC e campeão no Pride, se posicionou sobre a aprovação do casamento gay nos Estados Unidos na última sexta-feira (26) de forma contundente.

LEIA MAIS:
Lyoto Machida encara cubano por sobrevida entre os médios do UFC

“Quer apoiar mesmo a causa e tá com vontade, dê”, escreveu o ex-lutador do UFC em postagem que gerou diversas reações negativas de internautas. Na foto que acompanha o comentário, está a bandeira colorida do movimento gay – que, desde ontem, vem sendo usada por diversos internautas no Facebook e em outras redes sociais – com os seguintes dizeres: “Botar fotinho colorida não basta. Se apoia mesmo a causa tem que dar a bunda”.

Como pode ,tanta gente se preocupando ,com a vida dos outros, quer dar o bumbum, QUE DE porra, não vou tratar nunca…

Posted by Wanderlei Silva on Sábado, 27 de junho de 2015

“Que idiota esse comentário do Wand, e preconceituoso”, comentou uma mulher em seguida. “A cada publicação tenho menos respeito por você. A cada dia revela mais o boçal desmiolado que é!”, escreveu um rapaz. “Rapaz, depoimento ridículo. Antes ficasse calado. Ninguém é melhor ou pior do que outro por sua orientação sexual. Não sou lésbica, mas apoio o respeito a quem é. Pq ser homossexual não é crime e não é sinônimo de bandido. Quem muito fala mal e condena é que no fundo tem uma vontade de se libertar e não consegue”, postou outra seguidora do ex-lutador do UFC.

Aos 38 anos, Wanderlei Silva não luta desde 2013. A última luta do “Cachorro Louco” foi pelo UFC, em março daquele ano, quando nocauteou Brian Stann. Ao todo, o brasileiro teve 35 vitórias, 12 derrotas, 1 empate e 1 “no contest” na carreira.

Ele lutaria contra o americano Chael Sonnen no UFC 175 – em julho de 2014 –, mas ficou de fora por causa de uma polêmica com exames antidoping. Em agosto do ano passado, o ídolo do UFC anunciou aposentadoria.

Crédito da foto: Reprodução/Facebook



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.