Jornal argentino critica escalação de árbitro brasileiro; Lugano também repudia

Crédito da Foto: Getty Images

A confirmação da Conmebol de que o árbitro brasileiro Sandro Meira Ricci apitará a semifinal entre Argentina e Paraguai nesta terça-feira (30) está dando o que falar. Imprensa argentina e até um jogador do Uruguai repudiaram da escolha do brasileiro.

LEIA MAIS:
Árbitro brasileiro é afastado da Copa América após atuação polêmica em Chile x Uruguai

O jornal esportivo argentino “Olé!” ironizou a escolha de Sandro com o seguinte título: “¡Justo un brasileño!” (Justo um brasileiro) e destaca no decorrer da reportagem que essa é mais uma polêmica da arbitragem na Copa América. O periódico cita que a Conmebol havia afastado o brasileiro da competição após o polêmico lance entre Uruguai e Chile, protagonizado por Jara e Cavani. Na ocasião Sandro Meira Ricci expulsou o uruguaio depois de sua reação após a “dedada” aplicada pelo chileno. Antes do brasileiro, o equatoriano Carlos Vera foi o escolhido.

Outro que também não gostou da decisão da entidade sul-americana foi o uruguaio Diego Lugano. O zagueiro, que não participou da competição, a princípio teve uma surpresa quando ficou sabendo que o brasileiro estaria de volta ao torneio. Lugano chegou a dizer que o árbitro brasileiro foi bastante decisivo diante do Uruguai e que viu a oportunidade para tirar vantagem.

O zagueiro saiu em defesa de Cavani após a expulsão. Durante toda a partida Jara fazia menções ao pai do uruguaio que um dia antes da partida dirigia alcoolizado quando atropelou e matou um motociclista. Para Lugano, isso são coisas da vida, e não do futebol.

Crédito da Foto: Getty Images



Estudante do 6º semestre de Jornalismo na Universidade de Taubaté (UNITAU) e apaixonada pelo Corinthians. Mas também gosto de dar meus palpites sobre outras equipes.