Lembra dele? Douglas Silva fala sobre o seu Flamengo x Vasco inesquecível

Foto: Repodução

Seu forte sempre foi a marcação. Volante raçudo, Douglas Silva conseguiu realizar um grande feito, atuar e ser campeão pelo seu time de coração, o Flamengo. Formado nas categorias de base do Bangu, Douglas falou com exclusividade para o Torcedores.com e elegeu a final do Carioca de 2004 como seu Flamengo x Vasco inesquecível.   

LEIA MAIS:
Ídolo do Flamengo, Adílio fala com exclusividade sobre seu clássico inesquecível contra o Vasco

Era domingo de Maracanã lotado. Flamengo e Vasco se enfrentavam para ver quem levaria o título do campeonato Carioca de 2004. O Vasco apostava na regularidade do goleiro Fabio, enquanto o Flamengo no talento do maestro Felipe. Mais de 80 mil pessoas faziam a festa na arquibancada. O Rubro-Negro chegava com a vantagem de ter vencido o primeiro jogo por 2 a 1. Eurico Miranda, que também era o presidente cruz-maltino na época, disse antes do jogo que já havia comprado o chope para comemorar o título. Logo no início da partida, o time de São Januário fez 1 a 0 com Valdir, que estava em posição de impedimento. Na volta do intervalo, o Flamengo foi para cima e com show do atacante Jean, que marcou os três gols da vitória por 3 a 1, o clube da Gávea se sagrou campeão carioca.

A final foi marcada por provocações antes, durante e após o jogo. O volante Douglas Silva, do Flamengo, foi protagonista de um lance curioso. Douglas foi até o banco de reservas do Vasco para escutar as instruções de Geninho para Beto. Na ocasião, o lance inusitado serviu praticamente como uma provocação. Em conversa exclusiva com o Torcedores.com, o ex-atleta rubro-negro disse não ter dúvidas que esse jogo foi o seu Flamengo x Vasco inesquecível.

– O jogo inesquecível para mim foi a final de 2004, até porque sou flamenguista e não tem como esquecer. Depois de muitos anos, você reviver aquilo ali é sensacional. Fico até sem palavras. Eu frequentava o Maracanã antes de me tornar jogador e o fato de estar presente ali no campo, ouvindo mais de 50 mil pessoas gritando seu nome é algo que me deixa sem palavras. Com certeza é uma coisa inesquecível.

O ex-jogador rubro-negro relembrou ainda momentos marcantes da partida:

– A decisão de 2004 ficou muito marcada em mim, não só pelo título, mas pelas disputas de bola, pela forma que joguei. Eu dei a vida naquele jogo, por ser tratar de uma final de campeonato, no Maracanã e ainda mais contra o Vasco. Eu joguei com muita raça e disposição. Procurei fazer tudo que o Abel me pediu e foi o jogo mais disputado do campeonato. Teve muito mais disputa corpo à corpo, dividias…

Douglas Silva também lembrou do lance que foi atrás de Beto, em frente ao banco de reservas do Vasco, onde o atleta vascaíno ouvia instruções do técnico Geninho:

– Eu lembro de um lance que ficou marcado na história. Geninho chamou o Beto, que jogava no Vasco na época, para dar instruções e eu fui atrás, pois o Abel tinha me pedido para ser o marcador do Beto e que aonde ele fosse eu para eu ir atrás. Era marcação homem a homem. Nesse lance do Geninho passando instrução, eu apareço atrás do Beto ouvindo tudo que estava sendo falado e acabo fazendo um gesto como se tivesse fazendo um três, do placar de 3×1.

O ex-volante rubro-negro aproveitou para dar seu palpite para o clássico do próximo domingo. Douglas acha que o importante para o Flamengo é a vitória, para sair definitivamente da zona de rebaixamento:

– Meu palpite para o jogo, pela situação difícil que o Flamengo se encontra hoje, é 1×0 para o Fla, que já está de bom tamanho. Precisa da vitória para dar uma respirada na competição e sair dessa zona de rebaixamento. Se for apenas 1×0 já vai estar ótimo. Infelizmente o jogo não vai ser no Maracanã, vai ser fora no Rio de Janeiro. A verdade é que Flamengo x Vasco fora do Maracanã não tem o mesmo gosto.

Veja a Ficha Técnica da partida inesquecível do ex-volante Douglas Silva:

VASCO  1×3  FLAMENGO

Local: Maracanã (Rio de Janeiro);
Árbitro: Edílson Soares da Silva (RJ); Público: 80.342 pagantes;
Gols: Valdir 2′ do 1º; Jean 4′, 28′ e 32′ do 2º tempo; Cartões Amarelos: Coutinho, Beto, Roger, Fábio, Rodrigo Souto, Rafael, Róbson, Zinho e Ibson; Expulsões: Victor Boleta, Coutinho, Valdir, Ygor, Henrique e Felipe.

VASCO: Fábio, Claudemir (Cadu), Fabiano (Júnior), Henrique e Victor Boleta; Ygor, Rodrigo Souto, Coutinho e Beto (Donizete); Róbson Luiz e Valdir.Técnico: Geninho.

FLAMENGO: Júlio César, Rafael (Reginaldo Araújo), Henrique, Fabiano Eller e Roger; Róbson, Douglas, Ibson e Zinho (Tiago); Jean (Jônatas) e Felipe. Técnico: Abel Braga.

Veja também um dos gols do atacante Jean, que garantiram o título carioca de 2004 ao Flamengo:

 

.

Flamengo e Vasco se enfrentam domingo, às 18:30 h na Arena Pantanal. A equipe cruzmaltina tenta sair da lanterna da competição. Já o rubro-negro precisa da vitória para deixar a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

Curtiu essa matéria? Siga o autor no Twitter: @allanmadi.