Marcos Gomes vence primeira corrida da Stock Car em Santa Cruz do Sul

Marcos Gomes venceu no início da tarde deste domingo (28) a primeira bateria da etapa de Santa Cruz do Sul (RS) da Stock Car, disputada no Autódromo Oswaldinho de Oliveira. É a primeira vitória do piloto da equipe Voxx Racing na temporada 2015 do mais importante torneio do automobilismo brasileiro. A segunda colocação ficou com Allam Khodair, da Full Time Sports, enquanto Rubens Barrichello, companheiro de Khodair, completou o pódio.

LEIA MAIS:
Senna segura Buemi e Nelsinho Piquet fatura título da Fórmula E

A quarta posição ficou com Ricardo Maurício, com o carro da RC, seguido por seu companheiro de equipe, Max Wilson. O pentacampeão Cacá Bueno foi o sexto, logo à frente de Denis Navarro, que tinha a disposição apenas metade dos pushs to pass à disposição, por conta de uma punição. Valdeno Brito completou em oitavo depois de largar da pole position. Gabriel Casagrande foi o nono e Daniel Serra completou o top-10, garantindo a pole da corrida de encerramento da etapa.

“O carro estava ótimo e eu estava precisando dessa vitória. Tinha um ritmo muito bom. Minha equipe deu um avião nas mãos. Arrisquei um pouquinho para passar o Valdeno, dei uma freada forte para passá-lo. Depois, o Allam trocou um pneu, mas consegui superá-lo. Salvei os pushs e vamos ver se consigo chegar entre os cinco primeiros”, comentou Marquinhos após a corrida, em entrevista ao canal Sportv.

Com os resultados da primeira bateria, Cacá Bueno assumiu a liderança do campeonato, com 101 pontos, contra 97 do agora vice-líder Marcos Gomes. Rubens Barrichello aparece em terceiro, com 92, enquanto Julio Campos, que chegou à Santa Cruz do Sul na liderança do campeonato, abandonou a corrida e caiu para o quarto posto, com 87. O grupo dos cinco melhores é completo por Daniel Serra, companheiro de Cacá na Red Bull, com 71.

A bateria final da etapa de Santa Cruz do Sul acontece a partir das 14h20.

A corrida:

Gomes assumiu a liderança da prova ainda nas voltas iniciais, ao superar o pole position Valdeno Brito. Pouco antes disso, Thiago Camilo e o líder do campeonato Julio Campos tiveram pneus furados. O piloto da RCM conseguiu seguir na prova, enquanto o paranaense abandonou a prova. Outro que teve problemas foi Sergio Jimenez, que também deixou a disputa. O Safety Car foi à pista após um acidente entre Gabriel Casagrande e Antonio Pizzonia, que acabou punido.

A relargada veio na 15ª volta, com Gomes mantendo a ponta, seguido por Khodair, Cacá e Valdeno, que abriu a rodada de paradas obrigatórias nos boxes, logo na passagem seguinte. Marquinhos fez sua troca de pneus no giro seguinte, assim como Cacá Bueno e Ricardo Maurício, que trocou apenas um pneu e saiu na frente do piloto da Red Bull. A tática de Ricardinho também foi utilizada por Khodair, que assumiu a liderança da prova ao final da janela de paradas.

Com um carro mais rápido, Gomes conseguiu se aproximar de Khodair, conseguindo a ultrapassagem na 21ª volta, retomando a liderança. A partir deste momento, o piloto da Voxx Racing abriu vantagem e seguiu tranquilo para a vitória. Allam conseguiu se manter no segundo lugar, enquanto Barrichello, que foi o último piloto a fazer a troca de pneus, completou o pódio da corrida.

Foto: Rafael Gagliano



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.