Osorio reclama de expulsão e ironiza árbitros brasileiros: “não sabia que eram intocáveis”

Juan Carlos Osorio observa treinamento do São Paulo. Foto: Divulgacao

Não foi apenas o torcedor do São Paulo que ficou de cabeça inchada com a derrota do time, para o Palmeiras, neste domingo (28), pela 9ª rodada do Brasileirão. O técnico do time, Juan Carlos Osorio, também saiu bastante insatisfeito de campo, principalmente por ter sido expulso no intervalo do jogo. Para o colombiano, a atitude tomada contra ele foi exagerada.

LEIA MAIS:
Ceni ameniza goleada e lamenta má sorte no primeiro gol do Palmeiras: “infelicidade”
São Paulo perde de goleada para o Palmeiras e vira piada nas redes sociais

“Não pude me conter em fazer uma reclamação formal e educada ao árbitro. Não sabia que os árbitros eram intocáveis no Brasil”, ironizou o comandante, que ponderou que o ato de reclamar com os juízes é comum nos Estados Unidos e na Europa, lugares em que já trabalhou.

“Estamos falando de duas culturas que são líderes no planeta. Se lá pode falar com educação, no resto do mundo deveria ser igual. Não sabia que o Brasil era uma exceção”, reclamou.

A goleada sofrida para o Palmeiras foi a primeira derrota de Osorio no comando do São Paulo, em quatro jogos disputados. Agora, além de ver sua equipe despencar para a 4ª posição na tabela, ele será desfalque do próprio time que dirige, na próxima rodada, já que a regra de suspensão automática, por expulsão, vale também para os técnicos, no Brasileirão.

Foto: Divulgação / São Paulo FC



Tudo o que preciso é um papel e uma caneta. Apaixonado por esportes desde 1900 e bolinha: de futebol, basquete, tênis, rugby...