Palmeiras desembolsa quase R$ 400 mil por jogo para ter Valdívia em 2015

Valdívia não é mais jogador do Palmeiras. O Al Wahda, dos Emirados Árabes, já fez o anúncio oficial do jogador. E o Palmeiras, ainda, não foi avisado oficialmente pelo estafe do meia.

LEIA MAIS:
Mercado da bola: Palmeiras anuncia Leandro Almeida, o 23º reforço para a temporada

Boa parte da torcida comemorou a saída de Valdívia. E parte da diretoria, também. O respiro financeiro deve ser importante nos próximos meses para o clube.

Em 2015, Valdívia vestiu a camisa do Verdão apenas em abril. O jogador atuou em apenas 10 partidas ao longo do primeiro semestre, que ainda nem findou.

Segundo o site Gazeta Esportiva, Valdívia vestiu a camisa do Palmeiras por exatos 632 minutos. Com salários batendo a marca de R$ 450 mil mensais, o Alviverde desembolsou R$ 385 mil por cada 90 minutos disputados. Ou, dividindo em minutos, o meia ganhou R$ 4,3 mil por minuto em campo.

Alexandre Mattos, executivo de futebol do Palmeiras, não era a favor da permanência e renovação de Valdívia. Já Paulo Nobre, presidente do clube, era à favor. Mas após analisar friamente os valores investidos durante o primeiro semestre, as opiniões contrárias se encontraram e a saída de Valdívia começou a ser pensada.

Após a Copa América, o jogador deve conversar com a diretoria e acertar, definitivamente, sua saída.



Thiago Gomes é Administrador de Empresas. Trabalha com estratégias digitais e consultoria de e-commerce. É palmeirense e um apreciador do futebol, tanto nacional quanto internacional. Escreve para site esportivo desde 1996.