Para presidente do Santos, saída de Lucas Lima é assunto do passado

Santos
Divulgação/Santos

Mesmo com proposta para atuar no futebol português, o meia-atacante Lucas Lima deve seguir no Santos para a sequência da temporada. O jogador vem sendo umas das principais peças do Peixe, durante a Série A do Campeonato Brasileiro.

LEIA MAIS:
Mercado da bola: Fluminense trabalha para renovar contrato do meia Vinicius

Em entrevista para o site “Globo Esporte.com”, o mandatário alvinegro Modesto Roma crê que a saída do meia-atacante da Vila Belmiro já é assunto do passado. O presidente está confiante que Lucas deve ficar no clube, mesmo com possibilidade de atuar no Porto e receber o dobro que ganha no Peixe.

“Acho que é assunto do passado. Acredito que ele fique”, disse rapidamente o presidente santista confiante na permanência do jogador na Vila.

Na semana passada, o jogador chegou a ficar longe do empresário Edson Khodor e havia acertado com o empresário Wagner Ribeiro, o mesmo que gerência o atacante Gabigol e também o Neymar, do Barça. O agente almeja trazer novas ofertas do futebol europeu, para o meia-atacante Lucas.

Mesmo com Khodor distante, o meia tem vínculo com a empresa do agente até 2018 além da empresa Khodor Soccer ter 10% dos direitos econômicos de Lucas Lima. Já a Doyen Sports tem 80% e o Santos os outros 10% do passe do meia-atacante.

Foto: Divulgação/Site Oficial do Santos



Radialista, Jornalista com passagens como correspondente pelo site italiano CalcioNews24.com e pelo Arena Rubro-Negra. Atualmente setorista do Fluminense e Futebol Sul-Americano no Torcedores.com