Possível chegada de Téo Guitierrez ao Corinthians é criticada por Trajano

Michel Laurence

A possível chegada do atacante colombiano Teo Guitiérrez ao Corinthians não é uma boa ideia para alguns jornalistas da ESPN, principalmente José Trajano, em razão da dificuldade financeira pela qual o clube passa neste momento, representada na saída de Guerrero por divergências salariais.

LEIA MAIS:
Com proposta do Corinthians, Teo Guitiérrez fala em tom de despedida do River Plate

A ideia de que, para reduzir a folha salarial e reformular o time, foi necessário deixar alguns jogadores com salário alto sair do Parque São Jorge entre em choque com a contratação de Téo Guitierrez, na opinião de José Trajano, até porque Vagner Love, que recentemente tem feito boas partidas no Campeonato Brasileiro, já foi contratado com o intuito de ser uma sombra para uma eventual saída do atacante peruano.

“É uma pouca vergonha esse tipo de coisa: você dever a Deus e a todo mundo e contratar jogador de fora”, disse José Trajano, no programa Linha de Passe,da ESPN, nesta segunda-feira (29).

Tudo indica que o atacante Teo Gutiérrez, do River Plate, pegará um voo para o Brasil nos próximos dias. Em entrevista ao site Olé, o colombiano, que tem proposta para jogar no Corinthians, ensaiou um adeus do clube argentino e disse que em breve vai tomar a decisão sobre o seu futuro.

“Descansarei alguns dias e depois tomarei a decisão. Veremos o que é melhor para o Teo Gutiérrez e para o River Plate. São etapas que se concluem. Para mim, foi uma etapa vencedora, dei o melhor como torcedor do River. Cheguei e me entreguei para o clube estar onde merece. Sou agradecido pela forma como me trataram. É uma decisão difícil, mas é preciso tomá-la como profissional”, disse o centroavante que já se encontra em Barranquilla para passar as férias depois de ter integrado a seleção de seus país na Copa América.

Em um primeiro contato há algumas semanas, o River, dono de 50% dos direitos econômicos do atleta, exigiu US$ 3 milhões (R$ 9,3 milhões na cotação atual).

Durante a última semana, o Corinthians fez contraproposta de R$ 6 milhões divididos em parcelas pelos direitos econômicos. Resta saber se o River vai ceder.

Foto: Reprodução/ESPN