Semana de clássicos na MLS tem goleada e golaço de brasileiro; assista

A Heineken Rivalry Week, semana destinada aos clássicos locais da Major League Soccer, foi marcada pela goleada do Portland Timbers no maior confronto do país, contra o Seattle Sounders, derrota do New York City FC para o Red Bulls no clássico de Nova Iorque e pelo golaço de Juninho, que não foi suficiente para vencer o San Jose Earthquakes no confronto californiano.

LEIA MAIS:
Giovinco marca e Toronto FC vence clássico contra o Montreal Impact

Golaços, goleadas e troca de posições na tabela. Os clássicos da última rodada da MLS, na Heineken Rivalry Weel, não poderiam ser melhores para os torcedores americanos que assistiram aos confrontos entre Portland Timbers e Seattle Sounders, o maior clássico dos Estados Unidos, LA Galaxy e San Jose Earthquakes, Houston Dynamo e FC Dallas, além da mais nova rivalidade da liga, New York City e New York Red Bulls. Confira o que de melhor aconteceu na última rodada da MLS:

FC Dallas 2 x 0 Houston Dynamo:

Apesar de não ter sido a partida de maior apelo midiático ou mesmo técnico, o clássico do Texas dividiu opniões quanto ao seu resultado. A partida de fato foi a menos vistosa de todos os clássicos da Rivalry Week, tendo a menor quantidade de gols marcados. Gols que saíram no final do primeiro tempo quando Castillo e Mauro Díaz definiram o placar para a equipe de Dallas em um momento de completo apagão da zaga do Houston Dynamo. Apesar da superioridade do FC Dallas, o Dynamo pouco assustou quando desenvolveu jogadas de ataque.

San Jose Earthquakes 3 x 1 LA Galaxy:

O CaliClasico ou apenas Clássico da Califórnia, será lembrado pelo golaço da rodada, marcado por Juninho, mas que não foi suficiente para vencer a partida. Jogando em casa para mais de 50.000 pessoas, recorde de público no clássico, o San Jose Earthquakes conquistou a virada depois de o brasileiro Juninho marcar aos 17 minutos de jogo. Dez minutos depois, ele, Chris Wondolowski, aproveitou cruzamento de Garcia e completou sem chances para o goleiro Penedo. Já noi segundo tempo. Goodson marcou de cabeça após cobrança de escanteio e Cato, aos 72, decretou a vitória do Quakes com bela jogada dentro da área.

New York City 1 x 3 New York Red Bulls:

Com Lampard e Pirlo nas tribunas e mais de 48.000 pessoas presentes, os dois times de Nova Iorque entraram em campo para a segunda partida em sua história para o Hudson River Derby. Igualmente ao jogo anterior, os Red Bulls viraram a partida para conquistar a vitória e uma vaga na zona de classificação para os playoffs. Em jogada ensaiada de escanteio, Ned Grabavoy aproveitou cruzamento de Mix Diskerud e completou para dentro do gol no primeiro minutos de jogo. As constantes investidas dos donos da casa pareciam ditar o ritmo do jogo, até que o artilheiro Wright-Phillips aproveitou falha na defesa para completar cruzamento de Kljestan no início da segunda etapa. O NYCFC sentiu o empate e permitiu a chegada dos rivais para Duvall, aos 52, e Miazga, aos 73, marcarem para os Red Bulls. Miazga que, a proposito, estava sendo observado por supostos olheiros europeus que estavam presentes no Yankee Stadium.

Portland Timbers 4 x 1 Seattle Sounders:

Se já não bastasse a eliminação no semana passada na US Open Cup para os rivais, o Sounders sofreu mais uma goleada para os Timbers. Apesar da derrota, a equipe continua com uma das melhores campanhas na temporada regular da MLS. Depois de bela troca de passes, Nagbe marcou com lindo chute de fora da área. o Seattle empatou com Neagle aos 38 minutos de jogo, mas não foi suficiente. Durante o segundo tempo, festa para a fanática torcida local. Adi marcou aos 74 minutos, com lindo chute colocado no angulo de Frei, e ampliou três minutos depois com chute forte no canto esquerdo do goleiro suíço. Já nos acréscimos. Wallace invadiu a desanimada defesa dos Timbers e fechou o placar.

Crédito da foto: Facebook



Jornalista Esportivo formado pelo Mackenzie e pela UCLA com passagem pela Rádio Bandeirantes, fundador do perfil Arquivo do Futebol (@futebolarquivo) e jornalista do MLS Brasil. Escreve para o Torcedores.com desde 2014. Twitter: @paulogcanova