Opinião: A volta da confiança no Vasco

Vasco
Foto: Divulgação/ Vasco.com.br

Desde o fim do Campeonato Carioca um elemento se encontrava ausente no Vasco, a tal confiança. Torcida impaciente, jogadores nervosos, diretoria procurando se mexer e com isso a troca de treinador esse era o cenário até antes do jogo contra o Flamengo.

LEIA MAIS:
Após vitória sobre o Flamengo, Eurico provoca imprensa e flamenguistas

Após uma vitória contra o seu maior rival com um futebol nada convincente, o Vasco teria mais uma partida importante, desta vez diante do Avaí. O time catarinense até então era o melhor visitante do campeonato. O Vasco foi a campo sem mudanças, com a mesma escalação do clássico. Porém, o futebol apresentado foi bem diferente, o time propôs jogo desde o início, com dois gols anulados logo no começo da partida e o apoio de uma animada torcida.

O Vasco mostrava que a vitória era questão de tempo. O Avaí se mostrava uma equipe bastante aguerrida se fechando no seu campo e buscando velozes contra-ataques para abir o placar. No último lance do primeiro tempo, após cruzamento na pequena área, o atacante Gilberto se antecipou à zaga catarinense e mandou na trave, aumentando ainda mais a angústia dos torcedores presentes na Colina.

No segundo tempo, o cenário continuou o mesmo: pressão da equipe de São Januário. O chute do zagueiro Anderson Sales foi um reflexo disso, a bola explodiu no travessão. Aos 23 minutos da etapa final, a pressão surtiu resultado, após roubada de bola no campo de ataque, Gilberto tocou para Emanuel Biancucchi que tinha acabado de entrar. O meia soltou um lindo chute da entrada da área e abriu o placar.

Após o gol, o Vasco do técnico Celso Roth apenas administrou o placar. Para alívio dos torcedores, agora o clube está a apenas um ponto de sair da zona de rebaixamento, e, no próximo sábado (4), enfrenta a Chapecoense em Santa Catarina. O Vasco não vai poder contar com o zagueiro Rodrigo que tomou seu terceiro cartão amarelo e também com o atacante Rafael Silva expulso nos últimos minutos do jogo.

Crédito da foto: Alexandre Loureiro/Inovafoto



22 anos, estudante de jornalismo, colaborador no site @torcedorescom, estagiário de mídias sociais no @PortalF3 e comentarista esportivo do programa @TabelaCarioca.