Após eliminação em Wimbledon, técnico de Nadal diz que “momento é preocupante”

LONDON, ENGLAND - JULY 02: Rafael Nadal of Spain attends a press conference during day four of the Wimbledon Lawn Tennis Championships at the All England Lawn Tennis and Croquet Club on July 2, 2015 in London, England. (Photo by Roger Allen - Pool/AELTC/Getty Images)

Em entrevista concedida ao jornal “Marca”, Toni Nadal, tio e técnico de Rafael Nadal, teme momento do atual número 10 do ranking mundial de tênis, que após uma série de lesões – a última foi no final de 2014, na qual retirou o apêndice – não consegue retomar o seu ritmo de jogo.

LEIA MAIS:
Derrotado em Wimbledon, Nadal vira pivô em escândalo na Federação Espanhola de Tênis
Marcelo Melo avança em Wimbledon após desistência de rivais
Federer vence com direito a lance genial em Wimbledon; assista

Uma prova disso é a recente eliminação na segunda rodada de Wimbledon, para o alemão Dustin Brown, que é apenas o centésimo segundo do ranking. Aproveitando o caso, o jornal Marca entrevistou o técnico do ex-líder do ranking da ATP.

“Rafa está afetado porque é uma derrota dolorosa e que não esperava. O momento é preocupante. Não me entra na cabeça continuar assim nos próximos anos. Vamos ver o que acontece.” – disse Toni, em resposta à eliminação.

Pensando na continuação da temporada, que tem como próximo Grand Slam o US Open – jogado em quadra rápida-, o tio de Rafa não o vê como favorito nas terras do Tio Sam. “Quero pensar que Rafa pode ganhar o US Open, mas hoje as possibilidades que temos são bem poucas.”

Vale ressaltar que Rafael Nadal já foi campeão em solo americano por duas vezes, a primeira em 2010 e a segunda em 2013. No ano passado, o atleta não defendeu o campeonato por estar com uma lesão no punho. O torneio de Nova York começa no dia 31 de agosto e vai até 13 de setembro.

Crédito da foto:
* Curtiu esta matéria? Siga o autor no Twitter: @aleextavares



Jornalista em formação no Mackenzie, estagiário do Torcedores.com e fotógrafo. Fanático por basquete, tênis, surf, futebol e futebol americano.