Avaí x Sport: Invencibilidade e Z4 em jogo

Reprodução/Facebook

Neste domingo, 5 de julho, o líder Sport enfrenta o Avaí às 11hrs, no Estádio da Ressacada, Florianópolis (SC), em partida válida pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Sport segue invicto na competição e soma 22 pontos na liderança. Já o Avaí ocupa a 14ª colocação com 12 pontos.

Na quarta-feira, 1 de julho, a equipe de Eduardo Baptista venceu o Internacional por 3×0 na Ilha do Retiro. Os gol foram marcados por Marlone e André que balançou as redes duas vezes.

Mas quem não esta muito feliz é a torcida do Avaí. O time de Florianópolis sofreu a segunda derrota consecutiva na última rodada. Em São Januário, o Vasco alcançou a vitória com gol de Emanuel Biancucchi.

Invicto na competição, o Sport vai iniciar uma sequência de jogos fora de casa, com um time embalado pela vitória sobre o Inter. Umas das mudanças de Eduardo Baptista é o volante Wendel que volta à equipe após cumprir suspensão no último jogo. Quem também retorna ao time é o meia Diego Souza.

Após duas derrotas nas últimas rodadas, o Avaí terá mudanças na escalação. O técnico Kleina fez cinco mudanças no time. Saem os zagueiros Emerson e Antonio Carlos (que cumprem suspensão) e entram Jeci e Jubal. O meia Juninho vai ocupar o banco de reservas para a volta do atacante Anderson Lopes. Sem medo de arriscar, o time de Santa Catarina vai para a partida com três atacantes.

AVAÍ: Vagner; Nino Paraíba, Jéci, Jubal e Romário; Renan, Eduardo Neto e Tinga; Anderson Lopes, William e Rômulo

SPORT: Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, DUrval e Renê; Rithely, Wendel, Maikon Leite, Diego Souza e Marlone; André

Enquanto o Sport vai embalado para a partida, o Avaí busca a vitória para não entrar na temida zona de rebaixamento. O time de Kleina está apenas a 3 pontos do primeiro colocado da Z4, enquanto o Sport mantém 2 pontos de vantagem para o segundo colocado, Atlético (MG). Mesmo o Avaí não tendo a mesma qualidade técnica do que o líder do Brasileirão, a partida promete ser acirrada.



Jornalista formada e assessora de imprensa por paixão. Gosto de futebol desde que me conheço por gente. Mas há alguns anos também aprendi a amar o futebol americano com a mesma intensidade. Desde o surgimento do Nadal, me encantei pelo tênis e hoje não perco nenhum grand slam ou atp. Para mim escrever é um prazer, uma vocação!