Cacá Bueno desabafa sobre suspensão na Stock Car em rede social: “Me sinto agredido”

Piloto foi punido em uma etapa após reclamar de fiscais de prova e da CBA após corrida em Ribeirão Preto. Cacá será substituido pelo belga Laurens Vanthoor

Cacá Bueno foi punido pelo CBA com a suspensão de duas baterias por ter reclamado publicamente de problemas da comissão de prova na corrida de Ribeirão Preto. A punição, que já havia sido feita em primeira instância, com a sua equipe conseguindo um efeito suspensivo para que pudesse correr, foi confirmada na tarde de terça-feira.

LEIA MAIS:
“Novato” na Indy500, Alex Zanardi quer disputar prova centenária em 2016
Opinião: GP da Hungria foi o melhor da temporada

O piloto, um dos mais respeitados da categoria e com cinco títulos da Stock Car, não se conteve após a punição imposta pelo STJD, que ainda endureceu a multa – inicialmente em R$30 mil, mas agora ampliada para R$50 mil – e desabafou nas redes sociais.

A postagem, colocada em sua página oficial no Facebook, destaca a foto de um carro dele, destruído e um texto onde o piloto destaca, entre outras coisas, que a punição que a CBA (Conf. Brasileira de Automobilismo) era para ser mais dura, de seis corridas e R$100 mil.

O atual piloto da equipe Red Bull Racing será substítuido pelo belga Laurens Vanthoor, que compete contra o brasileiro na Blancpain Series, o antigo campeonato mundial de GT.

Confira abaixo o que disse Cacá Bueno sobre a punição:

Hoje me sinto como meu carro nesta foto, destruído, agredido. Mas assim como nessa corrida onde por incrível que pareça…

Posted by Cacá Bueno on Terça, 28 de julho de 2015

Cleyton Pinteiro, atual presidente da CBA, afirmou em nota divulgada há poucos instantes, que “Não cabe à CBA um parecer sobre a punição ao piloto Cacá Bueno. É um assunto de justiça. Não é a CBA que julga a atitude do piloto e nem seu grau de punição.”

Crédito da Foto: Bruno Terena/Red Bull Content Pool



Jornalista de 29 anos, com passagens em diversos sites como UOL Esporte, Trivela, Fanáticos por Futebol, Doentes por Futebol e revistas como IstoÉ 2016. Atualmente, é comentarista na Rádio Trianon 740AM SP.