Chad Mendes embarca na provocação e avisa que McGregor “vai chorar pela mãe”

Getty Images

Chamado de última hora para substituir José Aldo no UFC 189 em luta contra o irlandês Conor McGregor no próximo dia 11 de julho, o norte-americano Chad Mendes parece não se incomodar com as provocações do futuro rival. Confiante, o lutador até explicou como pode bater o adversário na disputa pelo cinturão interino dos pesos-penas do Ultimate.

LEIA MAIS:
“Aldo correu da luta e não acho que voltará”, provoca McGregor
Chael Sonnen se irrita com rival de McGregor e divulga número de celular no Facebook
Campeão do UFC, Weidman afirma que venceria Pelé no futebol
Werdum ganha moral no UFC e é destaque em lançamento de uniformes; Veja fotos

“Eu me vejo derrotando esse cara de três maneiras: o socarei e o deixarei inconsciente, o derrubarei e o finalizarei ou ficarei em suas costas por cinco rounds, fazendo-o chorar chorar por sua mãe. Sou bom nessas três coisas”, disse Mendes em entrevista à FOX Sports dos Estados Unidos.

Para o segundo no ranking dos penas, McGregor tem falhas nas quais terá mais dificuldades para enfrentar Mendes do que Aldo, atual campeão da categoria. “Aldo é um superatleta, muito perigoso em pé, mas esse é o tipo de lutador que Conor luta melhor. Não vimos ele contra muitos atletas de wrestling, explosivos, que vão para cima e encurtam a distância. Exatamente aí eu vejo um buraco enorme. Penso que com meu estilo, meu wrestling, minha capacidade atlética, minha velocidade, minha habilidade de nocautear e o poder das minhas mãos será uma m… de luta para ele”.

O lutador também revelou que não se sentiu tão surpreso com a desistência de Aldo. Assim que o carioca fraturou a costela em um dos treinos, Mendes já tinha sido avisado que poderia entrar em seu lugar. A confirmação da retirada do brasileiro veio na última terça-feira, quando o adversário de McGregor estava numa sessão de treinos.

“Eu estava treinando e minha namorada estava comigo na academia. Estava treinando com luvas e ela me interrompeu e disse ‘é oficial’. Nós paramos e ficamos olhando, enquanto ela segurava o celular com o que havia sido postado no Instagram. Foi basicamente assim que eu descobri”, disse Mendes.

McGregor e Mendes nunca se enfrentaram antes pelo UFC, mas o norte-americano já encarou José Aldo duas vezes – em 2012, derrotou o rival no primeiro round, e em 2014, o brasileiro só foi vencer na contagem dos árbitros, em ambos os eventos no Rio de Janeiro.

Curtiu a matéria? Siga o autor no Twitter: @fontes_matheus.
Facebook: Matheus Martins Fontes.

Foto: Getty Images



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.